Brumas do Tempo [Resenha Literária]

Já faz um tempo que estava com vontade de conhecer a série Highlanders de Karen Marie Moning e fiquei muito feliz quando a Verus anunciou o lançamento, principalmente porque eu gosto bastante dos livros publicados por esse selo do Grupo Editorial Record. De fato, foi uma ótima leitura e teve mais fantasia do que imaginava, embora o romance seja mesmo o foco da obra.

Brumas do tempo começa em 1513 onde temos a Rainha das fadas encantada com um homem chamado Falcão e o usa para fazer ciúmes para o Rei das fadas e o Bobo! Com raiva do guerreiro que tem atenção da amada deles, os dois elaboram um terrível plano em que Falcão deve se apaixonar por uma mulher que jamais o amará! No caso, o Bobo encontra Adrianne na atualidade que braveja que odeia homens bonitos e jamais se apaixonará novamente por um. Ela se torna a pessoa perfeita para o plano, ou assim eles imaginaram que fosse. 

O Bobo leva Adrienne para o século XV que convenientemente vai parar bem na casa da futura noiva de Falcão, uma mulher conhecida como “louca”, mas é a Adrianne que fica em seu lugar, obrigada pelos pais da moça e é levada até Falcão. O casamento é inusitado e quando a protagonista conhece seu marido não consegue crer em tamanha beleza, bem como a do ferreiro (o Bobo disfarçado) que está nas redondezas e que tenta o tempo todo ganhar o seu coração.
Falcão passou anos sofrendo com o Rei James que o fazia de prostituto da corte, obrigando-o a ter relações sexuais com qualquer mulher e ao contrário do que se possa imaginar, Falcão não gostava nada de ter que dormir com mulheres que não queria. Como se não bastasse, o Rei também o obriga a se casar com uma mulher com problemas mentais como a única forma de libertá-lo de seu domínio. No entanto, o personagem se depara com Adrianne que parece estar em seu juízo perfeito, se não afirmasse ser do futuro. Falcão se apaixona pela esposa e sofre em ter que disputar seu coração com o misterioso ferreiro e faz de tudo para ganhar a confiança da amada. 
Ao longo do livro vamos acompanhar a teimosa Adrianne fracassando terrivelmente em não se apaixonar por Falcão, enquanto alguém tenta matá-la e os dois acabam fazendo parte do perigoso jogo das fadas. Confesso que a protagonista com sua teimosia me irritou um pouco, Falcão é um homem bom, mas precisa provar a sua esposa que suas atitudes no passado eram forçadas. Por outro lado, Adrianne foi usada de uma forma horrorosa por seu antigo namorado, o que de certa forma, justifica seus traumas. 
O livro não mostra qualquer dificuldade da protagonista em se adaptar ao século XV, aliás, parece que Adrianne nasceu no tempo errado. E embora tenhamos muitos elementos de fantasia, já que as fadas manipulam os personagens a todo momento, o foco está mesmo no relacionamento do casal. Falcão é um guerreiro carismático e o Bobo um vilão clássico, mas outros personagens interessantes aparecem na trama como Grimm e a mãe do protagonista. 
Brumas do tempo é um gostoso romance com pitadas de fantasia que me agradou bastante, pra quem gosta do gênero, fica minha recomendação.
FICHA TÉCNICA
Título: Brumas do tempo – Highlanders #1
Autora: Karen Marie Moning
Onde Comprar: Amazon

Michele Lima

10 thoughts on “Brumas do Tempo [Resenha Literária]

  • 19 de dezembro de 2017 em 02:56
    Permalink

    Oi, Mi

    Eu tô aqui meio sem saber se leio o segundo sem ter lido esse…
    Eu acho que vou gostar apesar desse lance de fada aí, fantasia não é comigo!
    Mas o livro tem esse toque de Perdida e acho que vou curtir.

    Beijos
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2017 em 14:07
    Permalink

    Olá Mi! Tudo bem?

    Então quer dizer que temos um meio que PROSTITUTO na trama? Isso é bem diferente de se ver nas histórias kkkkk Fiquei interessado!

    Grande abraço!
    http://www.cafeidilico.com

    Resposta
    • 19 de dezembro de 2017 em 15:21
      Permalink

      hahahahahahhaa pois é um guerreiro prostituto, eu adorei kkkkkkkkkkkkk

      Resposta
  • 19 de dezembro de 2017 em 16:24
    Permalink

    Oi! Adorei a capa e o período que a história se passa. Achei original colocar um pouco de fantasia no romance de época.
    Pelo que entendi o protagonista era meio prostituto forçadamente. Só lendo para saber, sua resenha me animou a ler. Bjos ❤

    Click Literário

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2017 em 16:35
    Permalink

    Olá Michele, esse livro já virou meu amorzinho sem nem ter lido, eu tenho certeza que vou gostar pois se encaixa no tipo de livro que amo. Amei sua resenha!
    Parabéns pelo blog!
    Estante Clássica

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2017 em 19:40
    Permalink

    Oi Mi.
    Menina estou maluca para ler esta série! Ainda não consegui comprar, mas logo que der compro e me jogo nestas leituras. Amei sua resenha. Me deixou mais agoniada para ler. Bjus
    Doces Letras/

    Resposta
  • 25 de dezembro de 2017 em 13:13
    Permalink

    Oi Mi
    Quero ler esta série, gosto romances medievais, mas confesso que a resenha me surpreendeu bastante, não imaginava uma protagonista do nosso século e nem essa mistura com o reino das fadas, estou curiosa para ver o que deu desta mistura.
    abraços
    Gisela
    http://www.lerparadivertir.com.br

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino
Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino