Do Fundo da Estante: Acima de Qualquer Suspeita

Sucesso no Supercine/Corujão e no Círculo do Livro (best seller de Scott Turrow), este elegante suspense dirigido pelo saudoso Alan J. Pakula tem seu mérito não apenas no seu ótimo elenco e na boa condução da história – o plot twist satisfatório e que não faz o espectador de idiota é certamente seu maior trunfo.

Rusty Sabich (Harrison Ford, muito bem escalado) é um promotor que, ao chegar no trabalho pela manhã, descobre que sua colega e amante Carolyn Polhemus (Greta Scacchi) foi brutalmente assassinada. Investigado pelo próprio chefe Raymond (Brian Dennehy) Rusty tenta apagar os indícios de seu caso com Carolyn mas entra em conflito com Tommy Molto (Joe Grifasi), que garante que Rusty esteve no apartamento de Carolyn no dia de seu assassinato.

Decidido a provar sua inocência, ele contrata um advogado (Raul Julia) e recebe o auxílio do detetive Lipranzer (John Spencer) e de sua esposa Barbara (Bonnie Bedelia) que sempre soube de seu caso com Carolyn.

Os direitos para a adaptação foram disputados em leilão antes mesmo de sua publicação. O diretor Alan J. Pakula convenceu seu amigo e também diretor Sydney Pollack a adquirir esses direitos, prevendo que a adaptação seria um sucesso. Pollack então produziu e Pakula adaptou o livro, juntamente com o roteirista Frank Pierson, vencedor do Oscar por Um Dia de Cão (1975).

Sem nenhuma pretensão, Acima de Qualquer Suspeita acabou por definir o conceito de filme de tribunal sofisticado feito na década de 90, mesmo trazendo consigo vários elementos da década de 80. Por ter puxado a fila neste segmento, visto hoje, pode até soar como “já vi esse filme antes”, porém nenhuma de suas qualidades consegue ser ignorada, como por exemplo o elenco maduro e experiente, zero apostas em estrelas em ascensão.

Temos aqui aquele clima de mistério reforçado pela dramaticidade dos intérpretes, além fotografia e cenários caprichados que ajudam a compor a trama. É nítido o cuidado com cada detalhe para que a comparação livro/filme não atrapalhasse o sucesso de público, que lia o livro e assistia o filme nos cinemas…ou via o filme pra depois comprar o livro em busca de mais detalhes.

Completamente ignorado nas principais premiações, Acima de Qualquer Suspeita voltou a ser assunto desde que a série lançada pela Apple TV recentemente foi muito bem recebida pela crítica. Com 8 episódios e Jake Gyllenhall à frente do elenco que conta com Renata Reinsve (melhor atriz em Cannes por A Pior Pessoa do Mundo) e Ruth Negga (indicada ao Oscar por Loving), essa verdadeira empreitada da Apple TV merece aplausos por respeitar o material de origem e expandir o foi visto no longa-metragem, agradando fãs antigos e conquistando outros.

FICHA TÉCNICA

Título: Acima de qualquer suspeita
Título Original:  Presumed Innocent
Direção: Alan J. Pakula
Data de lançamento: 27 de julho de 1990
Disponível até o momento no Prime Video

 

Italo Morelli Jr.

One thought on “Do Fundo da Estante: Acima de Qualquer Suspeita

  • 10 de julho de 2024 em 19:45
    Permalink

    Poxa, bateu a nostalgia aqui!

    Lembro de ter assistido a esse filme e o final me pegou de jeito, quando descobrimos quem, de fato, matou Carolyn Polhemus. A cara de Harrison Ford se desfazendo naquele momento, geeeeeente.

    Excelente análise! Não sabia que tinha série agora. 😘

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino
Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino