Top 6 K-Dramas Netflix!

Ser Dorameira já não é fácil, a gente sofre demais, aí vem a sua editora chefe e te pede para fazer um top five de K-dramas favoritos originais Netflix. Aí lascou, porque pedir isso para uma dorameira é a mesma coisa de mandá-la para a forca. E foi muito difícil escolher os meus cinco favoritos, por isso não é à toa que escolhi 6 e não cinco. 

Então segue os meus K-dramas originais Netflix favoritos da vida!

Romance is a Bonus Book

Quando as pessoas me perguntam: Qual seu K-drama favorito? Romance is a Bonus Book vem a minha mente. A história dele é linda DEMAIS. O K-drama fala de superação, machismo, traição, amor. E a maior parte da trama, se passa dentro de uma editora, então quem ama livros vai amar a série. Além disso, tem Lee Jong-Suk que é meu oppa favorito e ele está PERFEITO no papel do mocinho. 

Para quem ainda não viu a série, ela conta a história de Cha Eun-ho, um autor de sucesso e editor sênior de uma editora de livros. Quando o protagonista era criança, Kang Dan-i, uma mãe e executiva de publicidade, salvou-o de um acidente e ficou ferida. Cha Eun Ho a ajudou a se recuperar e eles têm sido amigos íntimos desde então. Quando Kang Dan-i passa por uma grande mudança de vida e tenta entrar novamente no mundo profissional, suas vidas se tornam ainda mais conectadas. Eles enfrentam desafios pessoais e profissionais à medida que começam a perceber seus verdadeiros sentimentos um pelo outro

Aqui no site, tem uma resenha contando melhor o que eu achei do dorama! Perfeito! CLIQUE AQUI.

Vincenzo


Vincenzo foi aquele K-drama que sofri e amei a cada episódio. Foi um sofrimento ter que esperar cada episódio sair. E foi aquele drama que fui para o twitter surtar juntamente com as outras dorameiras. Foi aquele K-drama que me fez perder a hora e com isso cheguei atrasada no serviço. Foi aquele K-drama que teve diversos plot twist que deixou as dorameiras malucas. E no final, foi aquele K-drama que se consagrou um dos melhores!

No drama conta a história de um advogado da máfia italiana que retorna à Coreia devido à traição à organização, exterminando o vilão da maneira de um vilão: com outra advogada.

Aos oito anos, Park Joo-hyung (Song Joong-ki) foi para a Itália depois de ser adotado por uma família italiana. Mais tarde, ele se junta à máfia, onde é posteriormente adotado por Dom Fábio, chefe da família da máfia Cassano. Park Joo-hyung é renomeado como Vincenzo Cassano e se tornou um advogado italiano, um consigliere para a máfia, e braço direito de Dom Fábio. Após a morte de Fábio, Paolo, filho biológico dele e novo líder da família Cassano, tenta matar Vincenzo. Vincenzo volta à Seul, e promete nunca mais retornar à Itália. Ele parte para recuperar 1,5 toneladas de ouro que ajudou um magnata chinês a esconder secretamente no porão do Geumga Plaza. No entanto, um conglomerado do Grupo Babel adquire ilegalmente a propriedade do prédio e Vincenzo deve usar suas habilidades para recuperar o prédio e sua fortuna.

Para ler nossa crítica CLIQUE AQUI!  E depois correm para ver na Netflix para assistir.

Tudo bem não Ser Normal


Outro K-drama que fez muito sucesso entre as dorameiras e fez jus ao seu sucesso! Tudo bem Não Ser Normal trata sobre transtornos mentais, algo bem original e diferente no mundo dos doramas. Para mim particularmente foi difícil acompanhar essa série, já que tenho uma irmã com transtorno mental. E me vi em várias cenas que envolve o protagonista com seu irmão. Chorei, ri e suspirei vendo os episódios.

Moon Gang-tae (Kim Soo-hyun) vive com seu irmão mais velho, Moon Sang-tae (Oh Jung-se), que tem autismo. Eles frequentemente se mudam de cidade em cidade desde que Sang-tae testemunhou o assassinato de sua mãe. Para sobreviverem financeiramente, Gang-Tae trabalha como cuidador em alas psiquiátricas em todos os lugares onde eles se instalam. Enquanto trabalhava em um hospital, ele conhece uma famosa escritora de livros infantis, Ko Moon-young (Seo Yea-ji), que dizem ter transtorno de personalidade antissocial.

Alguns acontecimentos levam Gang-tae a trabalhar no Hospital Psiquiátrico na cidade de Seongjin, onde viveram quando eram jovens. Enquanto isso, Moon-young cria uma obsessão romântica por Gang-tae e o segue até Seongjin, lá o trio (incluindo Sang-tae) lentamente começa a curar as feridas emocionais um do outro e a verdade por trás de seus passados entrelaçados, que os tem assombrado, também é revelada.

Hometown Cha-Cha-Cha


Hometown Cha-Cha-Cha foi uma surpresa e tanto. Mesmo lendo diversos elogios em diversas páginas de doramas, eu não achava que ele seria “essa Coca-Cola toda”. Quando fui ver a série, fiquei surpresa por achar temas importantes nas subtramas. E o desenvolvimento do romance do casal teve uma carga emocional maravilhosa, que me fez ficar vidrada nos episódios e assistir um atrás do outro.

Yoon Hye-jin (Shin Min-a) é uma dentista bonita e inteligente que mora em uma cidade grande e perde o emprego depois de acusar o médico-chefe da clínica de tratar os pacientes demais para o lucro. Ele embarca em uma jornada para uma bela vila à beira-mar em Gongjin, onde conhece Hong Du-sik (Kim Seon-ho). Du-sik é muito conceituado na aldeia porque cuida dos mais velhos e não se intimida com qualquer um. Os caminhos dos protagonistas se cruzam algumas vezes e eles começam a gostar um do outro, enquanto Du-sik constantemente ajuda Hye-jin a se safar.

Para ler nossa crítica CLIQUE AQUI

O Rei de Porcelana

O Rei de Porcelana foi um dos K-dramas de época mais lindos que já vi. Seu enredo me lembrou um pouco a premissa de Mulan, em que a protagonista faz sacrifícios para sobreviver e proteger a família. A mensagem dessa série é linda DEMAIS. Chorei em diversos episódios e a OST é perfeita!. E o elenco é tudo de bom.

A história se passa durante a Dinastia Joseon, quando gêmeos eram considerados um sinal desagradável. Como resultado, quando a princesa herdeira deu à luz a gêmeos, uma ordem foi enviada para matar sua filha. Para salvá-la, ela é secretamente enviada para fora do castelo.

Alguns anos depois, o gêmeo Lee Hwi é assassinado. Para esconder sua morte, a mãe trouxe para casa sua filha e a criou como o príncipe, que acabou se tornando o herdeiro. Embora se distancie de todos, ela começa a ter sentimentos por Jung Ji-woon, seu professor que vem de uma família aristocrática.

Pretendente Surpresa 


Pretendente Surpresa ou para as dorameiras “Business Proposal” é o mais recente sucesso tanto na Coréia do Sul como ao redor do mundo. A série está sendo um sucesso, sempre que chega um episódio na Netflix, ela fica no top 10. Quando anunciaram essa comédia fiquei com medo por causa das minhas altas expectativas e tem dois atores coreanos que adoro, o Ahn Hyoseop e Kim Sejeong. Eu amo os dramas que tem o Ahn, além disso, o enredo tem tudo que eu amo! Um CEO rico se apaixonando por uma mocinha que trabalha em sua empresa. Coloquei a série como umas das minhas favoritas, pois ela me fez maratonar onze episódios em um dia. Ri e me diverti com HORRORES com as cenas, principalmente as envolvendo os protagonistas.

Então esses foram os meus K-dramas originais favoritos! Espero que gostem das minhas escolhas. Agora quero saber de vocês, quais os K-dramas favoritos de vocês? E qual K-drama que não coloquei na lista mas é o seu favorito?

Ariane de Freitas

One thought on “Top 6 K-Dramas Netflix!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.