Top 5 diretor Robert Zemeckis!

O diretor Robert Zemeckis completou 70 anos em 2021 e são dele vários filmes que fizeram história e mudaram os rumos da indústria cinematográfica. Alguns bem clássicos!

01. De Volta para o Futuro (1985 – 1989 – 1990)

É simplesmente uma das trilogias mais originais que Hollywood entregou ao mundo e são os filmes favoritos de muitos cinéfilos. Marty McFly (Michael J. Fox), é um adolescente de uma pequena cidade californiana que é transportado para a década de 1950 quando a experiência do excêntrico cientista Doc Brown (Christopher Lloyd) dá errado. Viajando no tempo em um carro modificado, Marty conhece versões jovens de seus pais e precisa fazer com que eles se apaixonem, ou então ele deixará de existir. Para complicar, Marty precisa voltar para casa a tempo de salvar o cientista. O sucesso do primeiro filme foi tanto que abriu um verdadeiro universo de possibilidades e que rendeu duas ótimas continuações, fechando a trilogia antes que a década de 90 se iniciasse.

02. Uma cilada para Roger Rabbit (1988)

Não foi a primeira mistura de desenho animado com atores de carne e osso, mas definitivamente é o melhor exemplo e mantém seu posto de revolucionário. O ano é 1947 em Hollywood e Eddie Valiant (Bob Hoskins), um detetive sem sorte, é contratado para encontrar provas de que Marvin Acme, o magnata da fábrica de piadas e dono da Toontown, está envolvido com a mulher fatal Jessica Rabbit (dublada por Kathleen Turner nos diálogos e por Amy Irving nas canções), esposa de Roger Rabbit, o superastro da Marron Cartoon. Quando Acme é assassinado, todos apontam para Roger, que implora ao detetive Valiant para encontrar o verdadeiro malfeitor. Ação policial, cartoon e comédia muito bem dosados, elenco e direção impecáveis. Participações especiais de Pato Donald, Patolino, Betty Boop, Eufrazino, Piu-Piu, Frajola, Mickey, Minnie, Pernalonga, Pateta, Pluto e etc

03. A morte lhe cai bem (1992)

Querendo quebrar a imagem de atriz fria e dramática, Meryl Streep topou essa empreitada ao lado de Goldie Hawn, mais experiente em comédias. Deu certo, pois Meryl concorreu ao Golden Globe e os surpreendentes efeitos visuais levaram o Oscar. Uma famosa atriz egocêntrica (Meryl Streep) rouba de uma aspirante a escritora (Goldie Hawn) seu noivo (Bruce Willis), um famoso cirurgião plástico. A noiva rejeitada se torna extremamente complexada e gorda, mas após 14 anos lança o livro “Eternamente Jovem” e na noite de autógrafos está mais linda do que nunca. Ela desperta a atenção de todos, principalmente da atriz que, sentindo-se cada dia mais velha, acaba indo se consultar com uma mulher sensual, bela e misteriosa (Isabella Rossellini), que tem uma poção da juventude que proporciona resultados inimagináveis. Nesta exagerada história de vingança e vaidades, o diretor Robert Zemeckis se esbalda e faz a sua versão hilária de O Retrato de Dorian Gray.

04. Forrest Gump (1994)
O ponto alto da carreira de Zemeckis, uma verdadeira fábula que percorre quatro décadas da história dos EUA ao contar a vida do simplório Forrest Gump (Tom Hanks, magnífico e premiado com seu segundo e merecido Oscar consecutivo) um rapaz com Q.I. abaixo da média que acaba por se tornar testemunha ocular dos mais importantes acontecimentos do país. Com direção impecável de Zemeckis e efeitos visuais que apagam por completo as pernas do ator Gary Sinise e que colocam Tom Hanks sentado ao lado de John Lennon num talk show, Forrest Gump já nasceu uma obra-prima e continua sendo um dos últimos grandes filmes feitos em Hollywood.
 
05. O Náufrago (2000)
Retomando a sua acertada parceria com Tom Hanks num dos filmes que fecharam bem a virada do século.

Surpreendente solo de Tom Hanks que perdeu muito peso para interpretar o solitário Chuck Noland, um engenheiro de sistemas da FedEx obcecado pela extrema pontualidade – tem sua vida abruptamente mudada quando um acidente de avião o leva a uma ilha remota e isolada. Enquanto luta para sobreviver, ele descobre que sua jornada pessoal está apenas começando.

Bônus: Convenção das Bruxas (2020)

Remakes geralmente são muito inferiores aos originais e se este não foge à regra (principalmente pela inigualável presença de Anjelica Huston no papel da Grand High Witch) este novo Convenção das Bruxas não passa vergonha. Foi feito para crianças do século 21 e cumpre o que promete. Se o tom do filme de 1990 era muito sombrio para as crianças, vide a maquiagem assustadora usada por Anjelica e muito infantil para o público adulto, Robert Zemeckis fez uma adaptação com público definido até no máximo 12 anos, ainda que Anne Hathaway parece assustadora também. Mas aí o roteiro capricha nas situações engraçadas e Anne nos faz rir.

Zemeckis jamais entregaria um trabalho ruim e os produtores acertaram em cheio ao colocar atores negros como protagonistas – Octavia Spencer é sempre bem vinda em qualquer produção, o menino Jahzir Bruno tem muito carisma e faz um bom trabalho na dublagem do ratinho no qual seu personagem é transformado ao de descobrir um clã de bruxas que se reuniu em um hotel.

Italo Morelli Jr.

2 thoughts on “Top 5 diretor Robert Zemeckis!

  • 12 de dezembro de 2021 em 16:20
    Permalink

    Oi Italo! Gosto muito dos filmes citados e Forrest Gump e Naufrago sção meus favoritos. Acho que Tom Hanks é um grande ator e nestes dois papéis ele se superou. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.