Maboroshi [Crítica do Filme]

Maboroshi (Alice to Therese no Maboroshi Kôjô), disponível na Netflix, é um filme do estúdio Mappa conhecido pelo anime Attack on Titan. Então sim, tem uma qualidade visual que impressiona e um enredo que apesar de falhas é cheio de metáforas interessantes.

Na trama temos uma cidade que simplesmente está congelada no tempo depois de uma explosão na Siderúrgica do lugar. Aparecem rachaduras no céu e algo que eles chamam de Shinkiro, uma espécie de fumaça que contém essas rachaduras. O responsável pela empresa diz que em breve os deuses vão permitir que tudo volte ao normal, mas que pra isso todo mundo precisa seguir sua vida sem nenhuma mudança. E eu só percebi que o tempo de fato não corre na cidade quando comentam que uma personagem ficou grávida e segue assim, sem nunca ter tido o bebê. 

Masamune é um jovem de 14 anos que com seus amigos tentam se adaptar em um mundo em que eles jamais ficam adultos. Não podem sair da cidade, não podem ir ao Ensino Médio, mas ao menos podem dirigir. Um dia Masamune é levado por Matsumi Sagami, sua colega de sala, para uma parte da Siderúrgica em que ela cuida de uma garota selvagem. E os três personagens estão intrinsecamente ligados aos acontecimentos misteriosos na trama.

É bem evidente que Masamune está aborrecido por estar estagnado e Matsumi vive entediada, já Itsumi é uma garotinha que não sabe falar e vive como uma pessoa sequestrada no lugar, alguém que será servido aos deuses. No entanto, a história guarda um monte de revelações, principalmente sobre o que são rachaduras e o verdadeiro relacionamento de Masamune , Matsumi e Itsumi.


No meio do caos, adolescentes se confessam, se frustram, sofrem por amor e se apaixonam, tudo que a época deve oferecer, embora tantas outras coisas sejam tiradas deles. Existe uma boa mensagem sobre a inquietude humana, a necessidade de transformações, mudanças e amadurecimento. No entanto, o roteiro não oferece explicações suficientes sobre a parte fantasiosa e fictícia e muitas perguntas ficam sem respostas. 

Em um show de qualidade técnica, Maboroshi mostra personagens instigantes, com um ótimo mistério que nos prende do início ao fim, mas é uma animação para quem curte uma história bonita sem a obrigação de explicação sobre tudo.

FICHA TÉCNICA

Título: Maboroshi 
Título Original: Alice to Therese no Maboroshi Kôjô
Direção: Mari Okada, Seimei Kidokoro
Data de lançamento no Brasil: 15 de janeiro de 2024
Netflix

Michele Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!