Meu Casamento Feliz [Crítica do Anime]

A adaptação da novel homônima de Akumi Agitogi chegou na Netflix e me trouxe um sentimento muito bom de nostalgia de anime shoujo!

Miyo Saimori aparentemente nasceu sem poderes sobrenaturais, sua mãe morreu quando ela ainda era criança e ela passou a ser maltratada pela madrasta, sua meia irmã e até pelo seu pai. A protagonista é uma das serviçais da casa! Sua família querendo se livrar dela e ainda ganhar alguma coisa, acaba fazendo um acordo de casamento com Kiyoka Kudou, um militar com poderes incríveis, mas com uma péssima fama. E assim, ela vai morar na casa do seu noivo desconhecido. 

Contradizendo todas as expectativas, Miyo e Kudou se dão super bem. O rapaz não tem muita paciência para frivolidades e quando percebe a personalidade da noiva, passa a retribuir toda a sua gentileza. Miyo é uma mulher gentil, sensível, empática e se comporta como empregada da casa porque é a única forma que ela conhece de agradar alguém. No entanto, aos poucos, Kudou vai compreendendo tudo que a noiva sofreu na mão dos familiares abusivos e vai ajudá-la ter mais autoestima e lutar por aquilo que ela quer. 


O anime é bem contemplativo em muitos momentos, um pouco lento e poético, mas ainda assim eu fiquei tensa em boa parte da história esperando que algo de muito ruim atrapalhasse o amor dos protagonistas. E de fato, eles passam por alguns obstáculos: falta de comunicação, a família terrível de Miyo, principalmente sua meia irmã que é bem invejosa e ainda com questões sobrenaturais que nos revelam algumas surpresas. 

Os protagonistas são bem desenvolvidos, Miyo é aquela mocinha sofredora e às vezes nos dá vontade de dar uns chacoalhões nela por sua extrema bondade e ingenuidade. Já Kudo, além de poderoso, é um noivo bastante cuidadoso! A trama do meio pra frente encontra alguns problemas, não só por conta de alguns exageros, mas também porque o plot da reta final se soluciona basicamente apenas no final, o que fica um tanto corrido. 

Entretanto, apesar de algumas falhas, é um anime shoujo com sobrenatural bem fácil de assistir, com muita fofura, romance e plot twist.

Michele Lima

One thought on “Meu Casamento Feliz [Crítica do Anime]

  • 20 de novembro de 2023 em 13:10
    Permalink

    Oi Mi! Eu já conhecia a história pelo mangá e fiquei feliz demais com a adaptação, é tão difícil encontrar animes shoujo hoje dia, a maior parte é isekai. A história é linda e o Kudo é um protagonista masculino de respeito, eu shippei demais o casal. Bjos!!
    Moonlight Books

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!