A Lição – Segunda Parte [Crítica]

A segunda parte do dorama A Lição chegou em março trazendo o final dessa excelente trama de vingança! Confesso que os três primeiros episódios dessa parte me pareceram mornos em relação ao começo, mas depois a história engata de novo de modo que a cada final de episódio eu queria saber!

Para quem não conhece ainda a história, vamos acompanhar a protagonista Moon Dong-Eun (Song Hye-Kyo). Quando jovem era pobre, negligenciada pela mãe e pelos professores da escola, sendo que um grupo de alunos, liderados pela sadista Park Yeon-Jin (Ji-Yeon Lim), fazia bullying com ela, torturando-a diariamente. Socos, sufocamento, humilhações e até queimaram o corpo todo dela com chapinha de cabelo. Com uma espécie de motivo para sobreviver, Dong-Eun planeja uma vingança extremamente detalhada contra Yeon-Jin, Lee Sa-Ra (Kim Hieora), Son Myeong-Oh (Kim Gun-woo), Choi Hye-jeong (Cha Joo Young), Jeon Jae-joon (Park Sung-hoon).

Dong-Eun ainda conta a ajuda de Kang Hyun-Nam (Yeom Hye-ran) em troca de matar o marido violento dela e com o médico Joo Yeo-Jung (Lee Do-Hyun).

Nessa segunda parte temos a reta final dessa história com muita tensão. Achei as ações da Sra Kang bem ambíguas, mas me agradou bastante o final dela. E não contava com o plot twist já quase no final de Joo Yeo-Jung sabendo mais do que se esperava, mas gostei bastante que ele também tem seu caminho de vingança. 

A Lição não decepciona e conclui tudo muito bem, sem pontas soltas. Até deixa um espaço para algo mais focado em Joo Yeo-Jung, mas não acredito muito que aconteça. A história de Dong-Eun foi devidamente concluída. Nos acertos do dorama, além da trama, é possível destacar a atuação de Song Hye-Kyo como protagonista, contida na medida certa! E Ji-Yeon Lim também acerta como vilã, bem como Yeom Hye-ran no drama de sua personagem, que sofre na mão do marido. As minhas reclamações ficam por parte dos excessos, algumas atuações beiram a caricatura, por exemplo, a da mãe da protagonista. Sem contar o cabelo Park Sung-hoon que não deve ter sido moda em momento nenhum da humanidade (espero). Excessos também ocorrem nos flashbacks de tempos recentes. Voltar ao passado dos protagonistas foi de suma importância, voltar em alguns dias o tempo todo foi um recurso para nos deixar curiosos com algumas ações, mas usado exacerbadamente.

Em suma, A Lição (The Glory em inglês e Deo Geullori em coreano) me parece que conseguiu furar a bolha das dorameiras e atingir pessoas que não costumam assistir a doramas. Isso por conta de uma história excelente, cheia de reviravoltas e uma vingança muito merecida!

Michele Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!