Na Sua Casa ou Na Minha? [Crítica]

Na Sua Casa ou na Minha? é a nova comédia romântica da Netflix com os astros Reese Witherspoon e Ashton Kutcher! E embora não reinvente o gênero, agrada bastante, lembrando outros filmes como O amor não tira férias.

Debbie (Reese Witherspoon) e Peter (Ashton Kutcher) tiveram um encontro quando mais jovens, mas acabaram como melhores amigos. Um participa da vida do outro constantemente e se falam todos os dias. Quando Debbie precisa fazer um curso em Nova York, Peter que mora lá se oferece para ficar na casa da amiga cuidando do seu filho. E assim, temos uma troca de casas, fazendo com que os protagonistas passem quase todo o filme longe um do outro, interagindo pela internet. É curioso que ainda assim o casal transborda química!

Enquanto Debbie vai tentando se acostumar a uma cidade como Nova York e o apartamento minimalista de Peter, ele se esforça para se tornar uma figura paterna para Jack (Wesley Kimmel). Peter começa seguindo as regras de Debbie, mas percebe que o adolescente está bem infeliz por ser excluído na escola. Peter começa a ouvir Jack e ajudá-lo em tudo, a relação dos dois é sem dúvida um dos pontos fortes do filme. Já Debbie enquanto faz seu curso conhece Minka (Zoe Chao), uma das ex de Peter que a leva para sair em Nova York. Com isso a protagonista conhece um editor muito importante, Theo (Jesse Williams), e se relaciona com ele. Os dois protagonistas acabam descobrindo que um esconde segredos do outro, segredos importantes e também sentimentos guardados por anos!

Vale destacar nessa história os coadjuvantes, além de Zoe Chao como Minka, temos em menor escala a participação de Tig Notaro como Alice e Steve Zahn, como Zen, o jardineiro vizinho. Também vale ressaltar a boa atuação de Wesley Kimmel, suas interações com Ashton Kutcher são ótimas. 

De modo geral Na Sua Casa ou na Minha? nos conquista com uma história fofa, previsível, mas com um elenco que sustenta bastante essa simplicidade, tudo que a gente gosta em comédia romântica! Foi muito bom rever Reese Witherspoon e Ashton Kutcher atuando no gênero e acredito que a Netflix deveria investir mais em longas do estilo, uma vez que o cinema parece cada vez mais desinteressante em histórias assim. 

FICHA TÉCNICA

Título: Na sua casa ou na minha?
Título Original: Your place or mine
Direção: Aline Brosh McKenna
Data de lançamento: 10 de fevereiro de 2023
Netflix

Michele Lima

2 thoughts on “Na Sua Casa ou Na Minha? [Crítica]

  • 11 de fevereiro de 2023 em 14:12
    Permalink

    Oi Mi! Sinto bastante falta deste tipo de filme, realmente é uma pena no cinema não ter nada do tipo. E claro que vou conferir, só a dupla de atores foi o suficiente para me convencer.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta
  • 17 de fevereiro de 2023 em 11:55
    Permalink

    Quero assistir. Parece ser um filme bem divertido e interessante.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts interessantes. Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!