Estante Trash: Bonecos da Morte

Quando Neil Gallagher (Jimmie F. Skaggs) morre em um hotel, um grupo de paranormais que acredita que neste lá está o segredo egípcio de dar vida a objetos inanimados que tanto procuram, se dirigem ao local. Ao chegarem no tal hotel, descobrem que há um grupo de bonecos assassinos dispostos a proteger este segredo e seu mestre.

Lançado um ano depois de Brinquedo Assassino (1988), Puppet Master, também conhecido como O Mestre dos Brinquedos, foi o primeiro e melhor de uma cinessérie de 15 filmes. Considerando o baixo orçamento, os bonecos são bem confeccionados e macabros, servindo bem aos propósitos da história. Ponto também para o diretor David Schmoeller, que consegue criar um bom clima de suspense tentando fazer a história (que tem tudo pra cair no ridículo) ser séria com as “atuações” stop-motion convincentes dos bonecos – são eles as verdadeiras estrelas do filme em meio a nomes até conhecidos, como Paul Le Mat (vencedor do Globo de Ouro pelo filme Cama Ardente, de 1985, no papel do marido violento de Farrah Fawcett), o saudoso William Hickey (indicado ao Oscar de coadjuvante por A Honra do Poderoso Prizzi, de 1985, parodiando Don Corleone de O Poderoso Chefão) e Irene Miracle, vencedora do Globo de Ouro por O Expresso da Meia-Noite, de 1978.

Típico filme que poderia ser muito maior, caso os estúdios liberassem um orçamento também maior (nos idos das décadas de 80 e 90 isso era quase impossível), Bonecos da Morte conseguiu ser bem sucedido na base do marketing boca a boca nas vídeo locadoras, pois não foi lançados nos cinemas daqui. Também aterrorizou crianças e adolescentes em suas exibições noturnas na tv, cujas chamadas já eram aterrorizantes graças a entonação de voz do narrador – chamadas essas que eram rápidas e sem spoiler. Mesmo com qualidades pra se tornar um cult trash, Bonecos da Morte teve uma franquia muito extensa que acabou por desgastar a marca e até o quarto filme funciona bem, dali até o 15°, não.

FICHA TÉCNICA

Título: Bonecos da Morte
Título original: Puppet Master
Direção: David Schmoeller
Data de Lançamento: 1989

Italo Morelli Jr. 

2 thoughts on “Estante Trash: Bonecos da Morte

  • 6 de agosto de 2022 em 00:29
    Permalink

    Ooi!

    Mulher, você quer matar uma blogueira de susto? kkkkkkkk Abri o blog e a primeira coisa que aparece é esse boneco feio, misericórdia. kkkk
    Eu assisti esse filme há alguns anos, na coragem viu… Dei muita risada. Mas ele é muito a cara dos terror dos anos 80 e eu adoro essa vibe. Não sabia que teve tantos filmes assim.

    Silviane • kzmirobooks.com

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.