E se o tapa no Chris Rock fosse da Jada Smith?

As premiações do Oscar de 2022 foram completamente ofuscadas pela briga do Chris Rock e Will Smith.

Parece coisa antiga, já que não é a primeira vez que o Chris Rock faz piada com Jada Pinkett Smith e sabemos que é muito fácil perseguir mulheres, principalmente negras, com “suposto humor”. Desagradável e deselegante, tal como a piada de Amy Schumer com o corpo da Jennifer Lawrence no início da premiação e ninguém falou absolutamente nada sobre. Não me interessa se são amigas, foi completamente desnecessário.

É claro que o Will Smith é humano e como tal não tem sangue de barata. Não acho que a violência física seja a resposta certa para a violência verbal, mas como ser humano posso entender a reação do ator. O que eu questiono é uma série de hipocrisia em consequência desse tema. É curioso que pessoas que agora aplaudem o tapa do Will Smith em defesa da esposa, alegam que não se podem fazer piada com doença de ninguém (e não se deve mesmo), já que que a Jada sofre de alopecia e a piada tinha a ver com seu cabelo raspado, mas pode fazer piada na internet até o outro ficar doente? Com depressão devido ao cyberbullying? Porque o que mais vi no twitter foram pessoas defendendo a atitude do Will, mas que provavelmente são as mesmas que relativizam as piadas que fazem com outras pessoas, principalmente usufruindo do anonimato na internet.

E se fosse a Jada a dona do tapa se defendendo de uma piada escrota? Afinal sabemos o quanto a calvície nos machuca e mais ainda levando em consideração todas questões preconceituosas que existem com cabelos negros.  Quantos desses homens que enxergam na atitude do Will algo louvável por defender a mulher não estariam agora chamando a Jada de descontrolada? Com TPM? O infeliz estereotipo da “mulher negras raivosas”? Não é essa a ideia do patriarcado? Que o homem defenda sua família, porque nós mulheres somos indefesas?

Não, não acho que a Jada deveria ter dado o tapa, ela parecia bem constrangida. Como disse, eu entendo o gesto do Will, é ele quem convive com a dor da esposa todos os dias, embora não goste de violência (em suas diversas formas). É só um ponto de reflexão mesmo sobre a hipocrisia nossa de cada dia.

PS: No final das contas Chris Rock ainda pode se sair como grande vítima, não duvido.

One thought on “E se o tapa no Chris Rock fosse da Jada Smith?

  • 28 de março de 2022 em 21:00
    Permalink

    Questões muito importantes levantadas. Precisamos falar mais do peso que é a violência verbal, principalmente contra mulheres negras como nesse caso. Mais um ótimo texto, Michele!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.