Fuck Love – Louco Amor [Resenha Literária]

Vocês já tiveram um sonho que afetou o sentimento que vocês tinham por uma pessoa? Eu já e a Helena em Fuck Love também! Claro que no meu caso o que eu senti durou apenas um dia, depois passou, mas no caso da protagonista não, para o azar dela já que acaba apaixonada pelo namorado da melhor amiga.
O sonho de Helena é tão forte e intenso que quando acorda ela acha que está mesmo casada com Kit e que tem um casal de filhos com ele! No entanto, a verdade é que ela ainda namora Neil e sua amiga Della vive um romance com o instável Kit. Por mais que Helena tente se livrar dos seus sentimentos, ela não consegue, mesmo porque aos pouco o protagonista vai dando indícios de que o sentimento é recíproco.
Eu não esperava sentir tantas emoções nesse livro, aliás, eu não esperava que a trama fosse ser tão forte, tão envolvente, que me fizesse devorar a leitura em dois dias, me deixasse desesperada para saber o final e que a história fosse tomar os rumos que tomou e foi tudo incrível. A princípio eu achei que fosse mais um caso de triângulo amoroso, depois achei que fosse ter um recomeço, depois foi para um lado dramático que eu não suspeitava e no final das contas, no fim, só não foi tudo que eu queria porque sou rancorosa e queria ver alguns personagens sofrendo, sou dessas.

Fuck Love é mais que uma história complicada de amor, é um livro que nos mostra que às vezes não basta só amar, a vida nos prega peças terríveis e pra quem não tem coragem de enfrentar os problemas, fugir é pior ainda. E isso serve pra tudo na vida, nas relação de amizade, na vida profissional, no amor, se não você não encara as decisões, a procrastinação delas só gera ainda mais sofrimento. E foi assim com Helena e Kit.
É visível que Helena tenta ser uma boa amiga, apesar de Della ser uma das pessoas mais egoístas que já conheci na literatura, porque na vida real, infelizmente eu já conheço. Della acha que Helena deve viver em função de sua amizade e dessa forma ela vai usando e abusando da boa vontade da protagonista. É o tipo de pessoa que faz chantagem emocional, que quer confete o tempo todo, que precisa de amigos para massagear o seu ego, que acha que todo mundo precisa sempre perdoar seus erros. Uma pessoa capaz de desejar ficar grávida para segurar o namorado ou ainda chantagear com suicídio. Della é mais que egoísta, é uma mulher insegura, mesquinha e ingrata. No entanto, mesmo assim, Helena tenta ser sua amiga, mesmo quando estão distantes e o que a protagonista faz por essa amizade é de uma lição de vida impressionante. Eu no lugar dela jamais teria tanta generosidade.
É claro que a gente entende a situação difícil de Kit, ele se encontra em encruzilhadas o tempo todo, quer viver um grande amor com Helena, mas está sempre preso a Della. Entretanto, não posso deixar de comentar que em muitos momentos o personagem foi fraco e covarde, tanto que cheguei a torcer para Helena encontrar outro amor, alguém que tivesse mais coragem para assumir seus sentimentos.
Fuck Love não é só romance, é um livro que nos mostra o quanto a vida às vezes é complicada e que tomar decisões nunca é fácil, mas é preciso. Helena é uma protagonista incrível, ela amadurece bastante na trama porque o enredo também promove uma história de autoconhecimento em que Helena começa de uma maneira e termina de outra, muito mais madura.
O livro fala de relacionamentos abusivos, no caso de uma amizade abusiva, e só quem já teve uma sabe como é difícil quebrar o círculo vicioso. Talvez tenha sido um dos motivos para me fazer amar tanto essa história, mas também porque a escrita de Tarryn Fisher é leve, fluída, os capítulos são curtos e quando a gente acha que se sente confortável com a história, os rumos são mudados, com reviravoltas incríveis.
Fuck Love é um romance bem diferente, é original a sua maneira, com uma protagonista bem cativante. Eu amei e recomendo a todos.
FICHA TÉCNICA
Título: Fuck Love – Louco Amor
Tarryn Fisher
Onde Comprar: Amazon
 

Michele Lima

16 thoughts on “Fuck Love – Louco Amor [Resenha Literária]

  • 14 de janeiro de 2018 em 11:34
    Permalink

    Oi Mi
    Já li e assisti algumas resenhas desse livro, a galera tá gostando bastante.
    Tem uma premissa bem interessante.
    Beijos

    Divagando Palavras
    http://www.divagandopalavras.com

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 14:49
    Permalink

    Oi Mi! Eu adorei esse livro, não é mada como os romances que vemos por aí e a autora é super sincera na composição dos personagens. Eu quero ler aquela série dele que começa com A Oportunista. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 15:00
    Permalink

    Oi Mi,
    Eu gostei muito desse livro.
    Uma protagonista que não é politicamente correta e extremamente sincera, né?
    E as referências a Harry Potter são puro amor.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 15:03
    Permalink

    Confessor que pelo titulo e pela capa esse livro não me atrai, mas já é a segunda resenha super positiva que leio da obra, acabei ficando bem curiosa para ler agora ahahhah

    http://www.estante450.blogspot.com.br

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 15:37
    Permalink

    Oi Mi! Adorei o título e a capa. Confesso que, pelo que você disse sobre ele, fiquei bem curiosa e com vontade de descobrir o conteúdo.

    Beijão!
    http://www.controversos.com

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 16:08
    Permalink

    Oi, Mi.
    Eu ainda quero muito ler esse livro, mas tem gente que ama como você, e outras pessoas que acha que a autora fez Della uma personagem ruim só para justificar Helena ficar com Kit, ai eu fico com aquele pé atrás. Tomara que eu goste tanto quanto você.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 16:14
    Permalink

    Olá, Mi!
    Também quero ler esse livro. É tão difícil encontrar livros que algumas vezes mostram a "realidade" da vida, nem sempre tudo é fácil.
    Ótima resenha, Mi! Fiquei curiosa e com vontade de ler neste momento.

    Beijão
    Leitora Cretina

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 17:17
    Permalink

    Oi Mi,
    Já vi algumas resenhas desse livro e fiquei curiosa em ler não tanto pela história, mas pela escrita da autora.
    Está na minha lista futura.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 17:29
    Permalink

    Oiii Mi😊
    Tenho esse livro aqui em casa e pretendo ler ele ainda esse ano!
    Beijos
    Ari

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 18:02
    Permalink

    Oii Mi, tudo bem? Já tinha visto esse livro por aí,mas não sabia que se tratava de um tema tão diferente como os sonhos, achei criativo, ainda mais pela autora colocar no o relacionamento abusivo, achei bem interessante. Amei a sua resenha Mi.
    – Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 22:17
    Permalink

    Olá Mi!
    Ahh estou super ansiosa para ler esse livro *-*
    Adoro a escrita dessa autora e gostei bastante da premissa da história. Acho que nos faz sentir uma mescla de emoções!
    Beijos!

    Books & Impressions

    Resposta
  • 15 de janeiro de 2018 em 18:10
    Permalink

    Oi Mi!
    Eu conhecia a premissa superficialmente e te juro que achava que era só hot, mas após ler sua resenha fiquei louca pra ler. E já devo admitir que odeio a Della, só pelo que você falou, peguei ranço. Ainda bem que tenho a obra aqui, vou passá-lo na frente!
    Beijos

    http://www.lendoeapreciando.com

    Resposta
  • 16 de janeiro de 2018 em 03:40
    Permalink

    Oi Mi!
    Amo as histórias da Tarryn.
    Ela aborda o amor de uma maneira completamente diferente,parece que ela explora o que pode vir de pior junto,é muito louco mesmo kkkkkkkk
    Sem falar que sempre temos vontade de matar algum personagem hahahahahahahaa
    Primeira vez que leio algo que envolva amizade abusiva e achei interessante demais a forma como tudo isso foi abordado.Cada vez mais sou fã da Tarryn!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 16 de janeiro de 2018 em 13:42
    Permalink

    Mi que bom que gostou de Fuck Love. Para mim foi uma das melhores leituras de 2017. Amei Helena e todo o seu aprendizado.
    Maravilhosa resenha.
    Beijos

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino
Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino