Bela Chama [Resenha Literária]

Eu estava cheia de suspiros assim que terminei de ler Bela Chama, os Maddox são tão fofos! Claro que todos sabemos que eles são agressivos e violentos às vezes, mas eles se apaixonam apenas uma vez na vida e pra sempre (o que faz com que pareçam ser baseados naqueles bichos de documentários do Discovery Channel). No entato, desta vez, Jamie McGuire não ficou exaltando os defeitos do gêmeo Tyler, pois tinha que lidar com a escolhida dele, Ellison Edson (Ellie para os amigos), filha de pais milionários e permissivos e com um comportamento polêmico: abusa de bebidas, drogas, dos relacionamentos com a irmã Finley, o ex-namorado da irmã, Sterling e a amiga com quem teve “um momento”, Paige. Ela dá uma festa em sua casa e é lá que conhece Tyler Maddox, que para não fugir à regra, estava saindo na porrada com alguém e obviamente destroçou o adversário conquistando a atenção de Ellie.

Somando os prejuízos causados pela festa e pelas atitudes de Ellie, os pais resolvem, a partir do conselho de uma terapeuta, cortar a vida boa da filha e lhe impor condições, agora a protagonista vai ter que trabalhar e pagar suas próprias contas, tem 90 dias para deixar a casa da família e arrumar um lugar para morar.

Ellie bebe e se droga com os últimos 900 dólares que a irmã lhe deixou, mas acaba tendo muita sorte e consegue um trabalho na Revista Opinião das Montanhas como assistente de Wick que trabalha com sua filha Jojo. Ellie preenche uma vaga que estava vazia há mais de um ano, mas como leva uma máquina fotográfica e a revista precisa de boas fotos, Jojo descobre que ela tem um dom natural para fotografias e é por isso que ela vai trabalhar junto com os bombeiros na base nas montanhas, registrando os grandes incêndios e sendo protegida por ninguém menos que Tyler, já que foi ele quem a ajudou a conseguir a permissão para acompanhá-los e também porque a sede da revista fica exatamente em frente à sede dos bombeiros. Mesmo quando os pais de Ellie permitem que ela volte pra casa, pois é inadmissível que a filha deles trabalhe em uma revista das montanhas, ela escolhe continuar ali, com aqueles homens, no meio do fogo, do desconforto dos abrigos, nos braços de Tyler, apesar de deixar bem esclarecido o fato de serem só amigos, amigos coloridos.

Nas montanhas Ellie conhece melhor Tyler e toda a tropa, aprende sobre todas as funções exercidas pelos bombeiros, tira fotografias lindas e faz textos contando a história destes homens para a revista. Ela se sai super bem, mas nem isso a impede de beber e colocar tudo a perder! A sorte dela é ter Tyler ao seu lado, pois ele compreende até os erros mais vergonhosos de Ellie que a fazem se esconder da irmã, não atender seus telefonemas e não responder suas mensagens. Se os Maddox são pessoas quebradas, Ellie é triturada!
De todas as protagonistas que contaram suas histórias na série dos Maddox, Ellie, para mim, tem a bagagem mais pesada, a mais difícil de carregar. Agora, depois de ter lido todos os livros dos irmãos, eu percebo que não eram apenas histórias de amor com finais felizes, são histórias de pessoas partidas, cheias de grandes problemas que encontram no amor um motivo para vencer e ser feliz ao invés de se entregar ao desespero e à dor e ter um Maddox por perto pode facilitar bastante!

Bela Chama é mais uma bela história e eu só não vou ficar com muitas saudades dos irmãos Maddox porque já sabemos que vem aí Belo Funeral, e apesar do título não ser nada animador, não há dor que estes meninos não superem juntos!
FICHA TÈCNICA
Titulo: Bela Chama
Série Irmãos Maddox #4
Autora:Jamie McGuire

Bela Redenção

Marise Ferreira

44 thoughts on “Bela Chama [Resenha Literária]

    • 17 de novembro de 2016 em 01:51
      Permalink

      Luiza, eu achei este o melhor depois do primeiro!!

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 13:00
    Permalink

    Oi Marise! Mulher eu gargalhei com a citação do documentário Discovery, realmente é isso que parece. Imaginei a voz do narrador especificando a natureza dos Maddox.
    Eu li apenas o primeiro livro da série irmãos Maddox, e achei muito sei lá, repetitivo. Brochei e acabei por não ler o segundo, que já está na estante. Agora você me deixou a mil, pois essa mocinha é diferente de todas as outras.
    Já tenho minha lista de leitura para esse mês, mas no próximo irei incluir o outro da série para chegar logo nesse.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:52
      Permalink

      Bia, este realmente mexeu mais comigo. E quanto aos bichos do discovery, minha filha disse que Pinguins são assim, rsrsrsrs

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 13:12
    Permalink

    Adorei a resenha (principalmente a referência ao discovery channel hahahaha), mas só li Belo Desastre, que já não me agradou muito, e aí eu desisti da série. Certeza que eu ia me irritar com esses personagens também 🙁 porém contudo todavia entretanto, acho as capas espetaculares!!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:53
      Permalink

      Concordo com você, as capas são maravilhosas!

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 13:18
    Permalink

    Oi Marise,
    Discovery Channel? HAHAHAHAHA ADOREI!!!! HAHAHAHAHHAA
    Preciso me atualizar nessa série.
    Parei em Belo Casamento, então só conheço mais a fundo o Travis.
    Mas não desisti da série!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:53
      Permalink

      Não desista mesmo, tem altos e baixos e este último livro é bem legal.

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 14:58
    Permalink

    Oi Marise, tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum dos livros dos irmãos Maddox. Gostei da sua resenha, é a primeira que leio sobre este livro, e achei a pegada desse bem diferente dos outros. Espero criar coragem pra começar esta série algum dia. Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:54
      Permalink

      Coloca na lista, quem sabe um dia? Só não desista deles.

      Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:54
      Permalink

      Obrigada Tony! É, cada um com seu cada um, né?

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 16:15
    Permalink

    Me interessei muito pela trama, ótima resenha. Mas eu confesso que durante boa parte do tempo estive de olho nesse action figure do Kuwabara <3 kkkk

    Beijos,
    Pri
    http://www.vintagepri.com.br

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:55
      Permalink

      Pri, é do meu sobrinho, eu pego emprestado para as fotos, acho que ficam incríveis.

      Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:55
      Permalink

      Maria, são livros legais mesmo!

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 17:28
    Permalink

    Oi Mari, tudo bem?
    Gostei bastante da resenha, mas infelizmente não tenho vontade de conhecer os Maddox.
    Tudo que já li a respeito dos livros me fez pegar implicância com esses personagens, pois são o tipo de homem que não gosto. Prefiro não passar raiva HAHAHA!
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:56
      Permalink

      Olha Priscilla, realmente os Maddox possuem alguns defeitos graves, mas as mulheres dão jeito neles, rsrsrsrs. Mas se é pra passar raiva, não leia mesmo! Tem que ser divertido, né?

      Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:57
      Permalink

      A bagagem desta protagonista é bem pesada, por isso o livro ficou mais interessante mesmo!

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 17:43
    Permalink

    Oi, Mari!
    Cadê dinheiro para dar continuidade a série? Tá tensa a situação aqui, viu?
    Quero muito ler este livro e o antecessor dele. Eu amo a série e amo mais ainda a família Maddox, assim como você também.
    Esse romance parece ser ótimo embora eu ache que irei me irritar com a Ellie em alguns momentos. rs
    Abraço!

    "Palavras ao Vento…"
    http://www.leandro-de-lira.blogspot.com

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:58
      Permalink

      LEandro, realmente, cadê dinheiro? Eu ganhei de presente de uma das adms. aqui da Estante, a Jaci, se não fosse ela eu não poderia ler.
      Ellie me irritou, mas bem menos que outras, rsrsrs.

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 17:55
    Permalink

    Sabe, eu preciso admitir que li Belo Desastre e não gostei nada, nada, mas teve uma frase bem no início da sua resenha que me fez olhar de forma nova para os Maddox: – Eles se apaixonam uma vez na vida, e para sempre!!

    Bj, Van – Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:59
      Permalink

      Pois é Vanessa, eles se apaixonam uma vez, pra sempre e melhoram no comportamento e em tudo, eles não estão totalmente perdidos, o amor os salva.

      Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 01:59
      Permalink

      Procure sobre a série toda aqui na Estante, você vai adorar.

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 19:03
    Permalink

    Oie Marise =)

    Então … essa é uma série que não me vai. Li Belo Desastre e a leitura se mostrou realmente desastrosa rs…

    No momento não pretendo dar uma segunda chance a Jamie, mas que sabe um dia.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:00
      Permalink

      Ane, eu achei que ela foi amadurecendo conforme escrevia sobre os irmãos, tanto que este último livro é bem mais impactante, dê uma chance depois.

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 20:45
    Permalink

    Oi oi querida,
    Adoro os livros da autora. E essa série é de arrancar suspiros, e os Maddox são lindos ♥

    Essa história foi a que eu mais gostei/odiei mas nada que tenha atrapalhado a minha leitura. Espero ler as suas resenhas antigas, e dar a minha opinião em cada uma delas.

    Beijoss, Enjoy Books

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:01
      Permalink

      Alice, vou gostar de saber sua opínião!

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 21:23
    Permalink

    Oi Marise!

    Desde de que li o belo desastre, um dos livros que mais odiado na terra por mim eu definitivamente não quis nada mais dos irmãos Maddox, eu li muitas resenhas elogiando esta nova serie dos irmãos, mas mesmo assim eu fiquei com pé atrás, aquele medo de passa toda aquela raiva de novo, por que eu não consigo lidar com jeito agressivo e possessivo deles, mas e claro respeito que gosta da serie, e pelo que li na resenha a vida da protagonista pra ela chega a esse ponto deve ser algo realmente pesado! Fico contente que tenha gostado do livro flor, eu ainda vou decidir se vou ler algo deles, mas a premissa desse livro em chamou bastante atenção apesar dos pesares.

    Beijinhos

    https://resenhaatual.blogspot.com.br/

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:02
      Permalink

      Eu não tenho muito como defender estes personagens, eles são defeituosos mesmo, mas eles vão melhorando à medida que vão amadurecendo, e é assim com os livros também, a autora amadureceu. Sei lá, talvez um dia você dê uma nova chance e goste, talvez não.

      Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:03
      Permalink

      Luiza,
      eu também estou com muito, muito medo deste novo livro. Tomara que não demore muito.

      Resposta
  • 14 de novembro de 2016 em 23:25
    Permalink

    Oi Marise,
    A premissa desse livro é muito interessante. Dos Maddox eu só li Belo Desastre e Bela Distração. Preciso pegar os outros.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:03
      Permalink

      Jessica, achei este o melhor, mas vale a pena ler os outros também, fiz resenha deles aqui na Estante, dê uma olhada.

      Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:04
      Permalink

      Monique, tem algumas semelhanças, mas no fim a gente se diverte com os irmãos.

      Resposta
  • 15 de novembro de 2016 em 04:20
    Permalink

    Oi
    eu ainda vou ler esses livros, a protagonista desse parece que passou por muita coisa forte, e esses irmãos parecem ser muito interessantes, que bom que curtiu a leitura e tirou um significado bom deles.

    momentocrivelli.blogspot.com

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:04
      Permalink

      Denise, valeu cada palavra!

      Resposta
  • 15 de novembro de 2016 em 19:59
    Permalink

    Que inveja rsrs tenho que comprar os dois últimos e ler. Sou apaixonada pelos Maddox e estou morrendo de medo do livro Belo Funeral.

    Beijos – Refúgio da Ju

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:05
      Permalink

      Também estou com medo, espero que não demore muito!

      Resposta
  • 16 de novembro de 2016 em 10:45
    Permalink

    Oi, Marise. Eu não tinha gostado muito da série dos Irmãos Maddox não por causa de alguns elementos nos livros, mas li sua resenha e fiquei com uma baita vontade de conhecer Ellie e Tyler, até porque ela é a pessoa que tem o tema mais pesado. Eu adoraria ver como ela lidaria com isso e como Tyler a ajudaria nesse caso, pessoas assim acabam se destruindo facilmente o que é muito triste, mas é sempre bom vermos sua recuperação.
    Já vou anotar aqui para ler depois!
    Beijo, Leitora Encantada

    Resposta
    • 17 de novembro de 2016 em 02:05
      Permalink

      Miriã, eles chegam a falar que pessoas como eles, quando juntas, se destroem, mas eles se amam, e o amor transforma. Acho que vale a leitura.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino
Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino