O Diário de Noel [Crítica do Filme]

Chegando o Natal e a Netflix não decepciona com o gênero natalino! O Diário de Noel é mais uma aposta no catálogo da empresa.

Scott Turner (James Remar)  é  um autor famoso, mas vive bem solitário com sua cachorrinha Ava. Perto do Natal ele volta para o lugar da infância, mas, ele não espera encontrar Rachel (Barrett Doss), uma mulher que está procurando sua mãe biológica.

É certo que James Remar e Barret Doss estão excelentes em seus papéis e a química dos dois é muito boa, mas senti que faltou algo mais em algumas cenas do casal. E apesar da trama interessante, confesso que engatei mesmo no longa só depois que os personagens encontram o diário da mãe de Rachel.

Se por um lado o romance, embora bem delicado, não tenha despertado tanto meu entusiasmo, por outro, o roteiro acerta ao colocar os dois protagonistas com dramas familiares. E faz todo sentido a busca de segurança de Rachel, bem como a dificuldade de Scott em rever seu pai e reviver questões que ele gostaria de esquecer. 

No final das contas, O Diário de Noel acerta no elenco e na história pessoal dos protagonistas, mas poderia ter se demorado um pouco mais no romance. É um drama sensível, mas poderia ter sido melhor na hora de trabalhar o romance.

FICHA TÉCNICA

Título: O Diário de Noel
Título Original:  The Noel Diary
Data de lançamento: 24 de novembro de 2022
Netflix

Michele Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!