O bebê de Rosemary [Resenha Literária]

O bebê de Rosemary é um clássico dos filmes de terror e agora com essa edição maravilhosa da DarkSide® Books pude ler a história de Ira Levin, sem dúvida uma das melhores no quesito horror.

Rosemary Woodhouse está casada com o jovem ator Guy e buscam um lugar para morar. Inesperadamente, surge a oportunidade de alugar um apartamento no prestigiado edifício Bramford. Bem, não tão prestigiado assim porque Hutch, amigo da protagonista, logo começa a alertar a amiga de coisas estranhas que já aconteceram no lugar. No entanto, Rosemary não se deixa levar por histórias bobas, mesmo quando a lavanderia do lugar parece bem sombria, nem mesmo quando a moça vizinha se suicida, mas quando o casal Minnie e Roman começa a entrar demais na vida deles, Rosemary enfim, começa a acreditar que tem algo muito estranho acontecendo.


Um tempo depois de conhecerem Roman e Minnie, Guy consegue o papel principal em uma peça de teatro e tudo na carreira dele começa deslanchar, tanto que até aceita tentar ter um filho e a cena da concepção é horrível. É um verdadeiro show de horror, o abuso de Rosemary sofre é tamanho que já na década de 60 é bem possível questionar as atitudes de Guy. Por um tempo Rosemary até tem seus momentos de sensatez, parece que a personagem vai tomar as rédeas de sua vida, mas no fundo ela é de fácil manipulação.

Todos ao redor de Rosemary parecem bem suspeitos e as reações dela durante a gravidez também, tudo parte de um plano maior e assustador.


Ira Levin tem uma narrativa super fluida, rápida e sem muita enrolação e ainda assim consegue criar um ótimo ambiente sombrio, gótico, desenvolvendo bem a personalidade de Rosemary e de Guy, um cara muito ambicioso e narcisista. A trama brinca com lendas urbanas, as paranoias nossas de cada dia e quando o final chega, Rosemary está tão atrelada a tudo que acho que conclusão foi bem condizente. 


Não é um livro de sustos ou de puro terror, mas é mais uma história de horror por conta de algumas situações e tem um bom suspense. No final, temos algumas fotos da produção cinematográfica.

FICHA TÉCNICA

Título: O bebê de Rosemary
Autor: Ira Levin
DarkSide® Books
Onde Comprar: Amazon e DarkSide® Books

Michele Lima

2 thoughts on “O bebê de Rosemary [Resenha Literária]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.