Os mortos não morrem [Crítica do Filme]

Em uma cidadezinha pacata, uma série de crimes começam a chamar a atenção dos policiais Cliff (Bill Murray) e Ronald (Adam Driver). Depois de investigarem, descobrem que os seus piores medos se tornaram reais: o local está sendo tomado por zumbis, que voltaram para executar as atividades que faziam diariamente quando viviam. 

A bizarrice e o lúdico tomam conta dessa comédia de terror, sem qualquer pretensão nenhuma de ser um filme assustador; é mais uma comédia com referências dos filmes antigos de zumbi, cidade pequena, personagens sem expressão e sem desenvolvimento, e outros completamente abandonados! Tudo que um filme ruim de zumbi pode oferecer, deixando claro desde o início que os mortos vivos tomaram conta da cidade e que o fim trágico é inevitável. No entanto, a proposta é exatamente essa do diretor Jim Jarmusch: não usar todas as ferramentas dos filmes recentes do gênero e sim deixar claro que é uma comédia das comédias sobre um filme de zumbis.


Apesar de um elenco recheado de grandes nomes, como Bill Murray, Adam Driver, Selena Gomez e Tilda Swinton, os personagens são bem caricatos e cômicos, sem malícia, um típico filme que passaria fácil na “Sessão da Tarde”. Não esperem algo surpreendente, é só uma comédia boba e bem lenta no decorrer das cenas, até os personagens sabem que estão dentro de um filme, é simplesmente hilário! Com o texto já entregue o espectador não tem muito a ganhar, Jarmusch domina o ritmo e as brincadeiras, mas não se preocupa com o desenvolvimento dos personagens, anulando descaradamente os núcleos paralelos que são narrados durante a história.

O longa se despede com uma narração bem explicada da conotação social dos zumbis e sua aplicação naquele contexto. Os amantes do gênero podem se divertir sem se preocupar, já que é uma comédia simples, cheia de vantagens e desvantagens que esse tipo de filme pode oferecer. 

FICHA TÉCNICA

Título: Os mortos não morrem 
Título Original: The Dead Don’t Die
Direção: Jim Jarmusch 
Data de lançamento: 22 de março de 2022 na Netflix

Everton

One thought on “Os mortos não morrem [Crítica do Filme]

  • 26 de março de 2022 em 15:58
    Permalink

    Oi, tudo bem?

    Vim ler a resenha do filme sem muitas pretensões (é a primeira vez que leio a respeito dele), mas fiquei com uma vontade enorme de assistir! Adoro essa mistura comédia com terror que tem exatamente esse propósito, pois o que decepciona são filmes que tentam ser sérios e acabam na comédia sem sentido. Se tem vibe de sessão da tarde então, animei mais ainda!

    Até mais;
    Mente Hipercriativa | Universo Invisível

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.