Top 5 Judy Davis

Judy Davis, 66 anos e maior atriz australiana de todos os tempos!! Acho importante que todo mundo conhece o excelente trabalho dela e por isso separarei 5 produções que valem a pena serem conferidas:

01. Passagem para a Índia (1984)
Direção: David Lean

No final dos anos 20, Adela Quested (Judy Davis) é uma rica inglesa que viaja para Índia com o intuito de encontrar seu noivo e tentar se adaptar ao até então exótico país. Mas o choque cultural acontece e Adela conhece o Dr. Aziz (Victor Banerjee), um indiano que a leva para visitar as cavernas de Marabar. Lá, Adela alega que Aziz tentou violentá-la.

Primeiro grande papel que lhe rendeu uma merecida indicação ao Oscar de melhor atriz, colocando-a de vez no mapa de Hollywood.

02. Barton Fink (1991)
Direção: Joel e Ethan Coen

Na Nova York de 1941, Barton Fink (John Turturro) é o dramaturgo mais requisitado pela Broadway e celebrado pela imprensa, o que o leva a Hollywood para escrever um roteiro para um filme B que aborda a luta livre. Ele se hospeda em um hotel de segunda categoria em Los Angeles, onde é acometido por um bloqueio criativo. Seu vizinho Charlie Meadows (John Goodman) tenta ajudá-lo, porém diversos acontecimentos bizarros aliados a um calor infernal surgem em sua vida e apenas a enigmática Audrey Taylor (Judy Davis) pode ser sua salvação. Neste inquietante trabalho dos irmãos Coen, Judy Davis é uma coadjuvante de peso para a trama, se destacando perante ao ótimo trio central formado por John Turturro, John Goodman e Micheal Lerner.

03. Mistérios e Paixões (1991)
Direção: David Cronenberg

Bill Lee (Peter Weller) é um escritor fracassado que trabalha como dedetizador de insetos para sobreviver. Seu emprego está por um fio, já que seu estoque de inseticida vive misteriosamente se esgotando, pois sua mulher Joan (Judy Davis) está viciada no produto. Incentivado por ela, Bill experimenta o veneno e inicia uma viagem alucinógena recheada de absurdos.

Nesta versão cinematográfica do infilmável livro Naked Lunch do escritor William S. Burroughs, dirigida por David Cronenberg, Judy tem um papel duplo, imortalizando a personagem supostamente verídica Joan Lee, inspirada na esposa do próprio Burroughs.

04. Maridos e Esposas (1992)
Direção: Woody Allen

O casal Gaby Roth (Woody Allen) e Judy Roth (Mia Farrow) recebem chocados a notícia de que seus melhores amigos Jack (Sydney Pollack) e Sally (Judy Davis) está se separando. Enquanto Jack e Sally tentam conhecer novas pessoas, o casamento de Gabe e Judy se mostra desgastado e eles começam a se sentir atraídos por outras pessoas.

Alçada a condição de coadjuvante nas premiações, Judy tem peso de protagonista e é fio condutor da trama. Infelizmente perdeu o Oscar para a novata Marisa Tomei, numa das maiores zebras do evento. Sally é tida com uma das melhores personagens do repertório de Woody Allen.

05. Nitram (2021)
Direção: Justin Kurzel

Longa sobre o massacre ocorrido em 1996 na região de Port Arthur, Tasmânia, onde Martin John Bryant, um jovem problemático de 29 anos matou a tiros um total de 35 pessoas e deixou 23 feridos. Aos 66 anos e na ativa, Judy Davis interpreta Carleen Bryant, mãe de Martin, conseguindo sustentar cada uma das cenas com sua simples presença numa atuação contida e repleta de nuances, onde cada gesto e cada olhar enriquece ainda mais a narrativa.

Bonus: Feud – Bette vs Joan (2017)

Direção: Ryan Murphy, Gwyneth Horder Payton Liza Johnson e Helen Hunt

Minissérie de 8 episódios sobre os bastidores da gravação do clássico O que teria acontecido a Baby Jane? (1962) onde as lendárias Bette Davis (Susan Sarandon) e Joan Crawford (Jessica Lange) se digladiam dentro e fora das telas. Mesmo com uma rivalidade de longa data, ambas decidem se unir e protagonizar o que acabou se tornando um dos grandes filmes da década de 60 em Hollywood, porém o legado da guerra de egos das duas, quase se tornou maior que o filme.

Mesmo com um elenco tarimbado, que ainda inclui Alfred Molina, Stanley Tucci e Jackie Hoffman, Judy Davis suga qualquer um que esteja dividindo a cena com ela ao dar vida a temida jornalista Hedda Hopper.

Italo Morelli Jr.

3 thoughts on “Top 5 Judy Davis

  • 5 de dezembro de 2021 em 14:39
    Permalink

    Oi Italo! Não vi nenhuma dessas produções e não lembro de ter visto nada com esta atriz, vou anotar as dicas para conferir seus trabalhos. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2021 em 16:01
    Permalink

    Gente, como que eu não conhecia esses filmes? Para não dizer que não conhecia, acho que já ouvi falar em Mistérios e paixões, mas não assisti. Já fica a dica para assistir. =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.