Do Fundo da Estante: Querida encolhi as crianças [Nostalgia]

Uma máquina encolhe acidentalmente os filhos do cientista que a inventou e enquanto ele tenta reverter o efeito, os garotos enfrentam os mais inusitados perigos e inimigos, como escorpiões, abelhas e até mesmo os pés dos adultos que caminham pelo jardim.
Filme voltado exclusivamente para o público infantil que ficou na lembrança de quem o viu até hoje. Feito na reta final da década de 80, manteve o estilo da época, mas inovou com os efeitos visuais que surpreendentes, misturavam stop motion e truques de câmera, como na antológica cena da colherada de cereal. O impacto foi real.
A história é simples e poderia ser um episódio caprichado do Laboratório de Dexter ou Rick e Morty, mas funcionou bem como longa-metragem graças ao bom desenvolvimento da trama, o cuidado nos pequenos detalhes e o carisma de Rick Moranis, perfeito como o cientista atrapalhado. Inesquecível a valente formiga que se torna amiga das crianças e todo o tour pelo jardim que se tornou uma verdadeira selva perante o tamanho dos personagens – a direção de arte é excelente.
Querida, encolhi as Crianças mexeu com a imaginação de toda uma geração e fez com que muitas crianças sonhassem com a possibilidade de uma aventura parecida, assim como em Querida, estiquei o Bebê. A continuação foi lançada três anos depois, por pouco não perdeu todo embalo do filme original e quase bateu de frente com outro grande sucesso dos cinema, Jurrasic Park – seria curioso o duelo nas bilheterias entre os dinossauros do Spielberg e o bebê gigante mais fofo do cinema. Eu assistira os dois, numa boa.
Nestes tempos de pandemia e reclusão, filmes infanto-juvenis da década de 80 e 90 são uma boa pedida para os pequenos de hoje em dia que já nascem com um celular nas mãos. Nostalgia pros adultos e novidade retrô para as crianças.
FICHA TÉCNICA
Título: Querida encolhi as crianças
Título original: Honey, I Shrunk the Kids
Direção: Joe Johnston
Data de lançamento: 18 de janeiro de 1990
Nota 4/5

Italo Morelli Jr.

7 thoughts on “Do Fundo da Estante: Querida encolhi as crianças [Nostalgia]

  • 1 de maio de 2020 em 19:33
    Permalink

    Oi! Esses filmes família das antigas eram tão inocentes, mas ainda assim especialmente divertidos. Bom tempo esse da minha infância. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta
  • 2 de maio de 2020 em 01:45
    Permalink

    Oii Italo

    Eu adorava esse filme, assisti acho que umas 5 vezes, uma comédia que fazia a gente sonhar, roubava sorrisos, ah que saudade desses filmes.

    Beijos, Ivy

    http://www.derepentenoultimolivro.com

    Resposta
  • 2 de maio de 2020 em 10:41
    Permalink

    Oii parece ser um ótimo filme fiquei curiosa agora…

    Segredosdamarii.blogspot.com

    Resposta
  • 4 de maio de 2020 em 05:52
    Permalink

    very nice! Great post ! Thanks for sharing! Stay safe! 🙏🙏🙏

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino
Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino