Treze [Resenha Literária]

Treze é o primeiro livro da autora FML Pepper lançado pelo selo da Galera Record, a autora já é conhecida pelos leitores brasileiros por causa da trilogia Não Pare! Antes de Treze não tinha lido nada dela, mas já havia uma curiosidade enorme de conhecer o seu trabalho há algum tempo, por isso embarquei nessa jornada e não me arrependi.
Treze foi uma das minhas melhores leituras de 2017! E ele se tornou uns dos meus favoritos da vida! Amei a química explosiva do casal, Rebeca e Karl me fizeram sentir um turbilhão de sentimentos.
O livro tem o enredo narrado pelos protagonistas, por isso podemos conhecer melhor os dois. Rebeca é uma garota que perdeu o pai muito nova e foi criada pela sua mãe que é uma ladra. Por causa da profissão da mãe, Rebeca cresceu sem fé e se tornou uma hacker profissional, para ela invadir uma conta milionária não é nada, códigos para decifrar é com ela mesma. Portanto, sendo uma pessoa cética, quando a protagonista vai a um parque de diversões com sua melhor amiga Suzy, ela perde a compostura, já que a amiga resolve se consultar com uma vidente chamada de Madame Nadeje.
Ao voltar para casa, uma tempestade começa do nada e quando Rebeca está passando de carro próximo a um ponto de ônibus, ela vê Madame Nadeje parada na chuva e apesar de não gostar da tal vidente, ela sente pena e resolve dar uma carona para a mulher. Dentro do carro, as duas mulheres interagem e no final da viagem a cartomante resolve retribuir a gentileza de Rebeca. Ela despeja algumas previsões na protagonista e avisa que se ela continuar com seus planos, ela irá pagar o preço!
A princípio, Rebeca tem medo das previsões, porém esse medo não a impede de ir adiante e por causa dessa atitude, ela sofre as consequências e sua vida se torna um pesadelo. E a partir daí que a nossa protagonista começa uma vida nova, além de acreditar nas previsões de Nadeje e dar muita importância para elas.
Do outro lado dessa história temos Karl, um cara muito orgulhoso e lutador de MMA. Tudo o que mais ele quer é ser o melhor dos melhores, mas a vida lhe prega uma peça. Depois de ganhar a luta mais importante de sua carreira ele vai até a casa de sua namorada para entender sua ausência em sua luta e lá ele descobre que foi traído. Arrasado, ele sai a mil montado na sua moto e sofre um acidente. E quando Karl acorda no hospital, ele descobre que tem um coágulo inoperável que pode se romper num piscar de olhos, por isso ele não poderá mais lutar. Determinado a esconder a doença de todos, o protagonista passar a ter uma vida tranquila e longe de brigas. Tudo vai indo conforme os seus planos, até conhecer Rebeca e por causa dela Karl é capaz de jogar sua precaução pelo ralo.

Confesso que no decorrer da minha leitura encontrei algumas semelhanças do enredo criado pela autora com outros livros. A personalidade de Karl me lembrou muito três personagens literários que amo (Landon Lucas Maxfield, Travis Maddox e o vampiro Rhage). Por causa dessas semelhanças, até a metade do livro, eu estava apenas gostando da história, mas depois eu passei amá-la. Pepper deu uma virada na trama que fez de Treze um livro perfeito e com um enredo incrível. Tem protagonista masculino explosivo, mas fofo; mocinha que não leva desaforo para a casa; escrita leve e fluída, cenas engraçadas e reviravoltas magníficas. 

O livro tem uma excelente edição, a capa é bem bonita e vale a pena lembrar que é um produto totalmente brasileiro. Escrito por uma autora brasileira e publicado por uma editora nacional. E na minha visão não perde nem um pouco para livros estrangeiros.

Antes de finalizar a minha resenha, tenho que comentar uma coincidência. Costumo ouvir músicas quando estou lendo, e uma música que eu escutei muito durante a leitura foi: End Game da Taylor Swift feat Ed Sheeran & Future. E a tradução caiu como uma luva e define muito bem Rebeca e Karl. Além disso, Treze é o número de sorte da Rebeca e da Taylor Swift!  Enfim, acho que irei adotar o número como meu número da sorte também!

FICHA TÉCNICA
Título: Treze
Autora: FML PEPPER
Onde Comprar: Amazon
 
Ariane de Freitas

14 thoughts on “Treze [Resenha Literária]

  • 1 de janeiro de 2018 em 16:09
    Permalink

    Oi Ariane, tudo bem??
    feliz ano novo!!!
    Amei a sua resenha de Treze, não vejo a hora de pegar o meu para ler, sério… eu adorei o enredo e a premissa da história, não tenho dúvidas de que vou gostar, porque amo a escrita de Pepper. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 1 de janeiro de 2018 em 21:04
    Permalink

    Oi Ariane!
    Acho linda a capa desse livro. Eu li a trilogia Não Pare! da mesma autora e gostei, estou curiosa para ler esse.

    Feliz 2018!
    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    Resposta
  • 1 de janeiro de 2018 em 21:37
    Permalink

    Oi, Ariane!
    Então.. Travis não é dos meus personagens favoritos. Não sei se iria gostar tanto do Karl por causa disso.
    Beijos
    Balaio de Babados

    Resposta
  • 2 de janeiro de 2018 em 01:53
    Permalink

    Oi Ariane!
    Esse livro tem o estilo da Pepper:uma trama com reviravoltas impressionantes,personagens marcantes e ação o tempo todo com muitas descobertas.
    Precisa ler a trilogia Não Pare! que é incrível!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 2 de janeiro de 2018 em 02:16
    Permalink

    Gostei da resenha Ariane. Fico feliz em saber que a leitura tenha sido satisfatória e que os personagens não deixam a desejar. Beijo!

    http://www.newsnessa.com

    Resposta
  • 2 de janeiro de 2018 em 03:00
    Permalink

    Oi Ariane, tudo bom?
    Abandonei esse livro depois de um desgosto logo no começo da leitura. Achei bem errado da parte da Pepper usar aquele artifício :/

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

    Resposta
  • 2 de janeiro de 2018 em 04:09
    Permalink

    Oi, Ariane

    Travis Maddox é simplesmente o personagem literário masculino que eu mais ojerizo. E essa de ser explosivo, mas fofo, não cola comigo! Hahahaha
    Eu acho a autora super divertida, mas não leria esse livro, não é uma história que chame minha atenção, eu acho que ia passar muita raiva! Ahahhaha

    Beijos e Feliz 2018
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Resposta
  • 2 de janeiro de 2018 em 18:36
    Permalink

    Olá, Ariane.
    Eu li tantas resenhas negativas desse livro que acabei desistindo dele. Mesmo amando a capa e gostando da escrita da autora. E agora vendo os personagens que você comparou o Karl, acho que não vou querer ler mesmo. Não gosto de nenhum desses hehe.

    Prefácio

    Resposta
  • 2 de janeiro de 2018 em 20:37
    Permalink

    Oi Ariane
    Já comprei este livro na bienal, pois gosto muito da autora (da pessoa e da escrita). Esta é a primeira resenha que leio do livro e fiquei bastante satisfeita, até me deu vontade de passa-lo na frente de outros livros.
    Feliz 2018 para todos vocês do blog.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Top Comentarista de Janeiro, serão 3 ganhadores e você ainda pode ganhar um livro a sua escolha.

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2018 em 01:21
    Permalink

    Oi, Ariane!
    Esse livro está parado na minha estante faz um tempo e eu nem sei o motivo disso haha
    Quero que ele seja uma das próximas leituras, ainda mais por você comparar ele com personagens que eu adoro <3 Os Maddox tem seus problemas, mas eu sou apaixonada pela série hahaha Espero que eu também me apaixone por Karl!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino
Dorama: Uma Família Inusitada Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino