Time Humanos [Resenha Literária]

Quando resolvi ler Time Humanos acreditei que estava psicologicamente preparada para enfrentar o tema “vampiros” novamente. Depois de Crepúsculo eu tive um pouco de dificuldade de encarar novamente os sanguessugas, mas passou, estou bem agora. Li Time Humanos e gostei!
É um livro de leitura fácil, rápida e também divertida. As autoras deixam claro que é uma homenagem a todos os autores adoradores de vampiros. É uma história típica de adolescentes. Tem o romance, a decisão difícil, a briga de amigas, o mistério, a investigação e o perigo. Tem um novo universo de vampiros que pelo menos eu, não conhecia.
Os vampiros vivem em harmonia com os humanos, eles podem pegar sangue nos hospitais ou podem pagar doadores e os humanos podem se transformar em vampiros, mas é tudo feito pelas leis da transformação e existem departamentos responsáveis por elas, pelo lado psicológico dos vampiros e humanos e tem também um departamento próprio que mata aqueles que ao ser transformados não correspondem bem à mudança e viram zumbis! Apesar de eu achar que esta coisa de zumbi começou com Hannibal Lecter, eu achei bem legal a ideia de zumbis serem vampiros que não conseguiram se transformar e apodreceram no processo!
No entanto, Mel, a protagonista, não gosta muito de vampiros, eles moram em o que eles chamam de Shade, comunidades em uma parte mais distante da cidade e assim os vampiros e humanos conseguem viver em uma quase harmonia. Claro que existem os casos de abuso, de agressão e de sangue sendo sugado sem permissão e isso irrita Mel, mas o que a incomoda realmente é a ausência do sorriso nos vampiros.

Para piorar tudo, Cathy melhor amiga de Mel, se apaixona perdidamente por Francis, um vampiro que vai estudar na escola delas e ele pede a Cathy que se transforme para viver para sempre com ele. Já Anna, outra melhor amiga de Mel, está vivendo momentos difíceis, o pai de Anna que era psicólogo de vampiros e humanos, fugiu com uma paciente vampira e Anna e sua mãe, que é diretora da escola, estão muito abaladas. Irritada com esta situação imposta pelos vampiros aos seus amigos, Mel resolve convencer Cathy a não se transformar e ao mesmo tempo passa a investigar o que aconteceu com o pai de Anna, já que suspeita do comportamento estranho da diretora da escola. É assim, tentando salvar Cathy que ela conhece Kit, um garoto humano que mora com vampiros, inclusive com a mãe, Camille, que além de vampira é da polícia e Kit pretende também se transformar e Mel não se conforma com o fato de que o garoto também vai parar de sorrir.
Time Humanos é um livro gostoso e cumpre a função de entreter, tem bons personagens e uma boa história, nada muito grandioso, mas pode e vai agradar quem quer ler despretensiosamente, vale a pena dar uma chance para estes vampiros, mas eu continuo time humanos!
FICHA TÉCNICA
Título: Time Humanos
Autoras: Justine Larbalestier, Sarah Rees Brennan
Onde Comprar: Amazon
Marise Ferreira

12 thoughts on “Time Humanos [Resenha Literária]

  • 11 de agosto de 2017 em 16:31
    Permalink

    Oi, Marise.
    Fiquei em dúvida se lia esse livro ou Graça E Maldição, lendo sua resenha agora penso que talvez teria gostado mais desse.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    Resposta
  • 11 de agosto de 2017 em 17:48
    Permalink

    Oi, Marise!

    Não conhecia esse livro! Já li "Zumbis vs Unicórnios", em que uma das autoras também foi a Justine Larbalastier, e gostei bastante. Não costumo ler livros de vampiros, mas quem sabe eu goste desse, né?

    Beijos,
    Isa
    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 11 de agosto de 2017 em 17:56
    Permalink

    Oi, Marise. A história parece ser bem simples, nada demais. Ultimamente li uns livros com esse tema e até gostei e olha que eu já estava saturada. Mas estou animada com essa perspectiva da história e a capa é encantadora.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    Resposta
  • 11 de agosto de 2017 em 22:28
    Permalink

    Oi!! Achei a capa lindíssima e o título parece combinar com a história. Eu não li crepúsculo, mas na época gostei do filme. Fiquei bem intrigada em como essa história toda vai terminar, porque a Mel não está muito satisfeita de viver em harmonia com os vampiros. Bjos <3

    Click Literário

    Resposta
  • 11 de agosto de 2017 em 22:29
    Permalink

    Oi, Marise

    Depois de Crepúsculo eu li vários livros sobre vampiros… e vamos combinar que de aspectos vampirescos a saga da Stephenie quase não tem nada! hahahah Eu amo a série, é meu guilty pleasure, mas tá longe de ser uma boa história sobre vampiros.
    Essa é a segunda resenha que leio desse livro hoje e a trama não me agradou muito. Tô cansada dessas tramas de vampiros mais juvenis, sabe? Comprei alguns livros da Anne Rice, que são mais substanciais, e estou só esperando pintar o momento certo pra ler.

    Beijocas
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Resposta
  • 12 de agosto de 2017 em 02:34
    Permalink

    Olaa! Tudo bem?
    Ahh eu adoro histórias de vampiro!! Não conhecia essa, mas fiquei cheia de vontade de ler!! Eu até tenho uma coleção de livros de vampiro para escrever, mas tenho justamente esse receio das pessoas estarem cansadas dessas histórias…
    beeijo.

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 13 de agosto de 2017 em 16:47
    Permalink

    Oi Marise! Eu ainda não cansei de vampiros, embora eu não leia mais tantos livros com estes seres. Como gosto das duas autoras e a premissa me atraiu, vou ler com certeza.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!