Uma chance para recomeçar [Resenha Literária]

Esse ano embarquei em vários projetos literários, sendo que alguns deles são em grupos e outros sozinha. Um desses projetos é ler mais livros de autores nacional, por isso quando surgiu a oportunidade de ler Uma chance para recomeçar da Diana Scarpine não pensei duas vezes.
O livro nos apresenta a história de Carina e Aurélio e começa com a protagonista tirando dez dias de férias do seu emprego para defender sua dissertação de mestrado. Carina está hospedada num hotel quando acorda com o lado direito de seu rosto paralisado e associa a paralisação de sua face ao estresse de seu serviço, já que ela gerencia uma rede de supermercados que pertence à sua família. Depois de desistir de tentar resolver o problema sozinha, ela resolve procurar ajuda médica. Após vários exames e sem ter um resultado específico sobre a doença, ela é encaminhada para uma clínica de fisioterapia. 
Durante um intervalo de uma das suas sessões, ela conhece melhor uma das pacientes da clínica, conversa vai e conversa vem, ela recebe uma indicação para começar a fazer massagem para aliviar o seu estresse. Seguido a indicação, ela marca uma consulta com o massagista Aurélio.
Aurélio trabalha na clínica juntamente com seu primo há anos, antes mesmo de sofrer o acidente que tirou sua família e o tornou cego. Ele possui poucos pacientes devido a sua cegueira e por ter cinquenta por cento do seu corpo coberto de queimaduras. Num final de tarde, Aurélio atende sua última cliente do dia e pelo formulário, ele percebe que Carina é uma cliente nova. Longo na primeira sessão de massagem vários acontecimentos ocorrem que faz ele pensar que Carina é mais uma pessoa que zomba da aparência dele e que tem preconceito.
Depois de sua desastrada sessão de massagem, Cal (apelido de Carina) resolve continuar com as sessões de massagem com Aurélio e também resolve esclarecer todo o mal-entendido entre os dois. Cal já está na casa dos trintas, não teve relacionamentos longos e só liga para o trabalho, apesar de se sentir sozinha muitas vezes. Carina percebe que está gostando de Aurélio e já Léo (apelido de Aurélio) também tem o mesmo sentimento pela moça. No decorrer do livro temos a explicação das inseguranças de Carina em relação à sua aparência e seus problemas de relacionamentos. A obra mostra bem o ponto de vista dos dois personagens e dessa forma entendemos melhor os motivos por trás das atitudes deles.
Gostei muito do enredo do livro, pois Diana Scarpine aborda a questão da falta de acesso de locomoção para deficientes e o preconceito das pessoas. Uma chance para recomeçar tem uma diagramação perfeita e a escrita da autora ajuda na leitura. Somente duas coisas que me incomodaram no decorrer da minha leitura. Primeiro: numa certa situação do livro, Carina usa o exemplo de vários personagens de outro livro e com isso a autora acaba soltando um spoiler enorme. Eu digo spoiler enorme, pois por pura coincidência, estou lendo a série citada pela personagem e não li ainda o livro que a personagem citou. Fiquei chateada com isso, mas entendi perfeitamente o motivo da Diana ter feito isso. 
Segunda coisa que não me agradou tanto foi que a narrativa se tornou repetitiva em alguns momentos como por exemplo a lamentação de Aurélio pela sua condição e as diferenças que ele via entre ele e Carina. Porém, com exceção dessas duas coisas, achei o livro muito bom e tem ótimas mensagens que nos fazem refletir.
FICHA TÉCNICA
Livro: Uma Chance para Recomeçar 
Autora: Diana Scarpine 
Onde Comprar: Amazon

Ariane de Freitas

20 thoughts on “Uma chance para recomeçar [Resenha Literária]

  • 24 de março de 2017 em 12:41
    Permalink

    Oi Ariane!
    Não conhecia o livro, mas a história parece ser muito bonita. Que sacanagem ter um spoiler de outro livro nele!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    Resposta
    • 24 de março de 2017 em 18:06
      Permalink

      Obrigada pelo elogio. Adoro tirar fotos de livros.A estória do livro é bonita mesmo.

      Resposta
  • 24 de março de 2017 em 18:00
    Permalink

    Oi, Ariane. Eu já li o livro e gostei bastante, porque a autora aborda o preconceito de forma bem realista. Minha única ressalva era a repetição de palavras e a escrita estritamente formal, que deixou a leitura um pouco mais lenta para mim.
    Beijo, Leitora Encantada

    Resposta
    • 24 de março de 2017 em 18:05
      Permalink

      Concordo plenamente com você. A leitura em muita vezes é formal demais e as repetições. Fora isso o livro é muito legal.

      Resposta
  • 24 de março de 2017 em 19:32
    Permalink

    Olá, eu já li "Uma chance para recomeçar" e gostei bastante do fato de a autora trazer um personagem diferente do padrão que vemos na maioria dos romances. Gostei da resenha e concordo com sua segunda ressalva.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    Resposta
  • 24 de março de 2017 em 19:43
    Permalink

    Oiii, tudo bem?
    Ainda não conhecia o livro, mas é sempre bom conhecer mais livros nacionais =D
    Não sei se leria pois creio que muitas coisas me incomodaram, pois os pontos citados e alguns comentários aqui mesmo me levaram a crer que talvez essa leitura não seja tão legal para mim. Mas quem sabe eu leia e mude de ideia não é mesmo? Quem sabe mais para a frente… Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br

    Resposta
  • 24 de março de 2017 em 23:02
    Permalink

    Oi Ariane,
    Estou vendo alguns livros da Pandorga fazendo sucesso, eu também desanimo com muita enrolação.
    Quando tudo começa a se repetir, eu já perco a vontade de ler. 🙁
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    Resposta
    • 25 de março de 2017 em 01:02
      Permalink

      Sim. A Pandorga está lançando muitos autores brasileiros no mercado. E as capassagens deles são lindas e eu gostei do cuidando deles com o livro.

      Resposta
  • 25 de março de 2017 em 00:21
    Permalink

    Oi! Que resenha ótima! Estou ansiosa para começar essa leitura, gosto muito da escrita da Diana!
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    Resposta
    • 25 de março de 2017 em 01:03
      Permalink

      Obrigada Melissa😊.
      Eu também adorei a escrita da Diana.

      Resposta
  • 25 de março de 2017 em 01:47
    Permalink

    Oi, Ariane!!! Gostei bastante do enredo. Um casal com suas peculiaridades que se unem através delas. O fato de ter spoiler de outros livros nele é complicado kkkkkk mas realmente me parece que não afeta muito o nosso olhar sobre a história. Bjos ❤

    Click Literário

    Resposta
  • 25 de março de 2017 em 04:00
    Permalink

    Olá, Ariane

    Eu venho lendo ótimas resenhas a respeito desse livro. Acho a inclusão de um cego na história muito representativa, é muito difícil achar um personagem com tal características na literatura. Tenho vontade de ler o livro sim e acho que seria uma ótima experiência.

    Beijo
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Resposta
  • 25 de março de 2017 em 13:50
    Permalink

    Olá, Ariane.
    Eu já vi esse livro várias vezes sendo divulgado no facebook, mas a sua é a primeira resenha que leio dele. Achei interessante o personagem principal ser deficiente visual e a autora mostrar as dificuldades. Mas não teve nada nele que me chamasse tanto a atenção para eu querer ler ele agora. Quem sabe mais para frente.

    Prefácio

    Resposta
  • 25 de março de 2017 em 14:44
    Permalink

    É meio ruim quando estamos lendo algo, e parece que o personagem já falou aquilo antes, ou eles já sabem da situação.. eu acho muito repetitivo.. já passei por isso em algumas histórias…

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    Resposta
  • 25 de março de 2017 em 16:59
    Permalink

    Meu deus, eu preciso desse livro!! Adoro histórias que abordam personagens diferentes e com muito o que nos ensinar. A história parece ser forte devido às inseguranças dos protagonistas, e o amor se dúvida os fortalece. Ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    Resposta
  • 25 de março de 2017 em 19:46
    Permalink

    Muito obrigada pela resenha, Ariane!

    Abraço,
    Diana Scarpine.

    Resposta
  • 26 de março de 2017 em 00:21
    Permalink

    O livro parece muito bom! Gostaria muito de ler. Gostei de saber que a autora aborda um tema diferente. Nunca vi nenhum livro falando sobre dificuldade de locomoçao e preconceito com pacientes. Enfim…iria gostar de ler.
    Passa lá no blog.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.