Procurando Dory [Resenha do Filme]

Fomos conferir a Cabine de Imprensa de Procurando Dory

Só quando sai uma sequência depois de 13 anos do primeiro filme é que a gente percebe como o tempo passa. No entanto, em Procurando Dory, só se passa 1 anos depois que Marlin e Dory saem em busca de Nemo e os três vivem felizes, até que Dory se lembra de seus pais, anos e anos depois de tê-los perdido! Aliás, o longa já começa com a fofa da Dory ainda bebê e com seu problema de perda de memória recente. Seus pais são super pacientes e tentam ajudar a filha a reter o maior número possível de informação, mas infelizmente, Dory se perde, busca desesperadamente por seus pais e inevitavelmente acaba esquecendo do que procura. 
Vemos como Dory encontrou Marlin e temos muitas referências de Procurando Nemo, o que me fez me sentir mega nostálgica. Depois de tudo que Dory fez por Marlin e Nemo os dois acabam ajudando a protagonista e saem novamente cruzando o oceano, só que dessa vez em busca dos pais da Dory. Claro que eles acabam se separando, o que provoca certa angustia, Dory não é alguém que pode ficar sozinha. No entanto, à medida que o filme vai reconstruindo as memórias da protagonista por meio dos flashbacks que ela tem, vai também mostrando o amadurecimento de Dory, sua força e determinação. Não que a simpática cirurgiã-patela mude ou passe a não ter mais problemas de memórias, mas claramente ela vai ganhando confiança ao longo do filme. 
O longa tem todo um toque de aventura e jornada de autoconhecimento e apesar de não ser totalmente inovador em enredo, consegue arrancar boas risada durante o filme. Ri em muitas piadas, piadas ingênuas para crianças, piadas com referências mais adultas, o que evidencia o fato do roteirista e diretor Andrew Stanton ter acertado o tom da comédia! Principalmente no que diz respeito ao Hank (o polvo), um dos melhores personagens da animação!

Como na Cabine de Imprensa a Disney passou o filme dublado, acabei me surpreendendo com a referência à jornalista e atriz Marília Gabriela. E pra quem geralmente não gosta desse tipo de adaptação, vale lembrar que filmes dublados visam a cultura de chegada (no caso o Brasil) e por isso sofre esse tipo de mudança. No original, a locutora do instituto de vida marinha, onde os personagens vão parar, é a atriz Sigourney Weaver

É claro que ter Ellen DeGeneres dublando a Dory é algo a mais, mas devo dizer que a Maíra Góes, dubladora profissional, continua se saindo muito bem! E achei bem acertada a escolha dela e não um global qualquer!
Procurando Dory é aquele tipo de animação que a gente se diverte mesmo não levando a criançada, possui uma fotografia que impressiona e, claro, personagens mega carismáticos! Confesso que em alguns momentos até me emocionei com a Dory e todos os seus problemas, então não se espantem se vocês, assim como eu, se emocionarem!
Dados do Filme
Título: Procurando Dory
Título: Finding Dory
Ano: 2016
Diretor: Andrew Stanton, Angus MacLane



Michele Lima

25 thoughts on “Procurando Dory [Resenha do Filme]

  • 30 de junho de 2016 em 00:39
    Permalink

    Ai gente, que sonho esse filme! Não vejo a hora de correr pro cinema assistir, mas me falta tempo… Sério, acho que vou dar boas risadas e me emocionar de verdade. Nostalgia!
    Beijocas,
    Maria – doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 11:38
    Permalink

    Quero tanto assistir!! Gente, quando vi que iam lançar essa continuação eu fiquei tão animada! Já entrou em cartaz aqui na minha cidade e com certeza assistirei!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 11:48
    Permalink

    Quero muito ver o filme LASKDKLAJDLAKSFJHJAHPSF gente, não vejo a hora. Agora pra julho já preciso ter em mãos o ingresso de Dory e de As Caça Fantasmas <3
    Quero me emocionar como você <3

    bjs
    http://www.queriaestarlendo.com.br

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 12:41
    Permalink

    Oi Michele!
    Eu queria muito ver esse filme, mas aqui só está passando dublado, então vou esperar mais um pouco e ver em casa.

    Beijos,
    Sora – Meu Jardim de Livros

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 13:06
    Permalink

    Caramba! Eu quero tanto ver o filme que agora não tenho tempo para fazer isso. Eu lembro tanto da Dori no Procurando Nemo, ela é divertida, engraçada e amiga, gostei muito dela ainda mais quando ela falava baleies… (é assim que se escreve?!). Enfim, quero muito ver o filme e matar a saudade da infância! Abraços.
    Leitora Encantada

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 15:12
    Permalink

    Eu amo filmes de animação, esse parece ser muito bom, vou tentar assitir.
    Beijos
    Bluebell Bee

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 15:52
    Permalink

    Estou loooouca para assistir logo. Não sei quando vou conseguir fazer isso, mas a ansiedade está pulando dentro do peito. Saudades do universo do Nemo e da fofura e diversão da Dory. <3

    Beijos,
    Postando Trechos

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 18:49
    Permalink

    Oi
    quero assistir esse filme, procurando nemo fez parte da minha infância e fora que adoro assistir animação e a dory era muito fofa, deve ser um filme leve e gostoso de se assistir, que bom que gostou.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 19:43
    Permalink

    Olá, Michele.
    Não sou muito fã de animações e nem assisti Procurando Nemo ainda. Até comecei assistir mas perdi a curiosidade no meio do filme. Então acho que não veria esse.

    Blog Prefácio

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 20:56
    Permalink

    Oie Michele =)

    Me sinto uma ET por não gostar de Procurando Nemo e não estar nem ai para o lançamento de Procurando Dory rs…
    Amo animações e a Pixar tem alguns títulos que são meu favoritos, mas outros eu realmente não consigo gostar.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 22:30
    Permalink

    Oooun, meu deus! Eu tento ser durona, mas sei que vou amar essa animação. Não vou chegar a ver no cinema, maaas quando puder assistir vou ficar toda boba.
    Beijos
    Estilhaçando Livros

    Resposta
  • 30 de junho de 2016 em 23:03
    Permalink

    Wath? 13 anos já? Minha nossa, nunca eu diria que era tanto tempo. Já assisti o Procurando Nemo diversas vezes com a minha filha e agora queremos assistir a continuação também!!!

    Beijo, Van – Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 1 de julho de 2016 em 00:37
    Permalink

    Oi Mi! Eu vi muitas vezes a animação anterior, na época minha sobrinha era pequena e me fazia ver. Não é uma das minhas animações preferidas, mas eu gostaria de ver com ela para ter aquele momento nostalgia.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta
  • 1 de julho de 2016 em 12:49
    Permalink

    Quero tanto ver esse filme <3
    Ainda mais por ter referências de Procurando Nemo, que nostalgia né
    Adorei essa resenha,
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    Resposta
  • 1 de julho de 2016 em 13:09
    Permalink

    Olá, Michele.
    Está aí um filme que estou louco para assistir. Adoro continuações com referências, ainda mais se tratando de uma animação que fez parte da minha infância.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos – Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    Resposta
  • 2 de julho de 2016 em 12:00
    Permalink

    Oi, Mi!
    Quero tanto assistir! Vou rever "Procurando Nemo" pra não perder nenhuma referência, faz tanto tempo…

    Beijos, Entre Aspas

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!