Nimona [Crítica do Filme]

Ninoma é uma ótima animação disponível na Netflix baseada na HQ de ND Stevenson, mas como não li, não existe aqui uma comparação, embora eu saiba que tem sim algumas diferenças entre as duas obras.

Cheia de boas metáforas sobre aceitar o diferente e a si mesmo, vamos acompanhar a história de Ballister (Riz Ahmed) que é o primeiro plebeu do reino a se tornar cavaleiro da rainha! No entanto, no seu grande dia de reconhecimento, algo acontece com sua espada e ele acaba atacando justamente a rainha e tendo no processo seu braço cortado pelo seu amado Ambrosius (Eugene Lee Yang). Acusado injustamente de assassinato, Ballister foge e é considerado de ser um grande vilão.

Neste universo que mistura tecnologia futurista, ambiente mediaeval e fantasia, as pessoas vivem dentro de uma muralha para escaparem de monstros, mas Nimona (Chloë Grace Moretz) está dentro do reino e ela vai de encontro de Ballister para ajudá-lo, primeiro na esperança de que ele seja mesmo um grande vilão, mas depois porque Nimona é um figura espetacular. Uma garota metamorfa, de cor rosa, capaz de se transformar em qualquer coisa, inteligente, perspicaz, aquela que alerta Ballister para realmente questionar o reino sobre realmente o que existe atrás das muralhas e sobre quem são os monstros! 


Os dois protagonistas tem uma aproximação muito rápida, o ritmo do roteiro é realmente frenético, o que é ótimo pra quem não gosta de muita enrolação como eu. A química de Ballister e Nimoma funciona quase de imediato! E não demora muito pra gente entender que a protagonista é solitária e que mais do que tudo está em busca de aceitação por ser diferente dos demais.

É com muita sensibilidade que o Nimoma aborda LGBTQIA+ e representatividade. Os protagonistas são bem carismáticos! Nimona como um garotinho diabólico é simplesmente sensacional! A ação é muito boa, bem como toda a trama contada. A parte da animação escorrega um pouco, mas nada que afete a experiência do filme. 

Em suma, quem busca uma animação divertida, engraçada, cheia de amor, com fantasia e ação para todas as idades, Nimoma é a recomendação perfeita!

FICHA TÉCNICA

Título: Nimona
Direção: Nick Bruno, Troy Quane
Data de lançamento: 30 de junho de 2023
Netflix

Michele Lima

One thought on “Nimona [Crítica do Filme]

  • 31 de julho de 2023 em 13:47
    Permalink

    Parece ser uma animação muito boa e interessante.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar cheio de posts novos e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!