Desgraça a Seu Dispor [Crítica do Dorama]

Chegou recentemente ao catálogo da Netflix (veja enquanto ainda está por lá) o dorama Desgraça ao Seu Dispor com 16 episódios! Uma fantasia cheia de romance que por alguns momentos tive certeza de que o roteiro foi escrito para agradar aquele público que clama por clichês!

Tak Dong Kyung (Park Bo-young) perdeu os pais quando criança e foi criada com o irmão por uma tia. Adulta, é uma mulher solitária que aguenta bastante desaforo na editora em que trabalha, apesar de ter bons colegas por lá. No dia que descobre que o namorado é casado e que a esposa está grávida, ela descobre também que tem uma doença terminal e que vai morrer em poucos meses. Bêbada ela pede para que o mundo acabe! Neste dia, o responsável pelas desgraças humanas estava atendendo a pedidos e assim os dois se conhecem.

Myeol Mang (Seo In-guk), o deus da Desgraça. não gosta de ser o responsável por tudo que faz e culpa os humanos por ser quem ele é. O relacionamento dele com Deus, uma jovem na série, é bem interessante. Tak Dong Kyung a princípio é usada por Mang para acabar com o mundo, já que é algo que ele quer também, mas a relação dos dois acaba sendo bem complexa, já que aos poucos eles se apaixonam.

Enquanto o deus da Desgraça tem uma personalidade fria, intolerante, Tak Dong Kyung  já é mais caridosa e bondosa. A protagonista tem uma enorme paciência com seu irmão que é extremamente folgado. O roteiro usa e abusa de diversas situações que expõem o lado oposto do casal, principalmente em relação ao cenário da casa, mas, infelizmente, acaba caindo muitas vezes em situações bem repetitivas de discussões. Ainda no quesito romance, temos Na Ji-na (Shin Do-hyun), Lee Hyun-kyu (Kang Tae-oh) e Cha Joo-ik (Lee Soo-hyuk).


A química entre Park Bo-young e Seo In-guk é ótima e a série exige mais do que simples cenas românticas deles. Tak Dong Kyung é uma boa protagonista, mas o deus da Desgraça realmente me pareceu um personagem bem complexo. E os atores coadjuvantes se saem muito bem para uma trama que às vezes se destoa do enredo principal.

Desgraça a seu dispor tem um ritmo por vezes bem lento, o que até condiz com a proposta mais reflexiva, já que a trama tem metáforas bem interessantes sobre vida, morte, a humanidade e suas desgraças. No entanto, o roteiro se estende demais em alguns momentos, principalmente no início.

Apesar do ritmo ter afetado um pouco minha experiência, certamente o dorama deve agradar aos fãs de fantasia e romance! Tem bons atores, boa trama e boa trilha sonora!

Michele Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!