Tina Turner: A Melhor de Todos os Tempos!

Hoje a gente se despede da minha cantora preferida: Tina Turner! Bom, é uma meia despedida, já que seu legado será eterno!

Existiu um tempo em que eu não era dependente da internet, não tinha TV por assinatura ou Streaming para me livrar do tédio, somente com a ajuda das músicas e alguns programas da TV Aberta. Com o passar do tempo as novelas já não eram mais interessantes e eu ficava que nem louca procurando algo legal para assistir, até que um dia o antigo Canal 21 passou o show de despedida da Tina Turner, em sua turnê Twenty Four Seven World Tour. Naquela época eu já conhecia um pouco da Tina, “Proud Mary”, “Private Dancer”, “We Don’t Need Another Hero (Thunderdome)” e “The Best”, já eram canções de sucesso, mas foi nesse dia que me apaixonei por completo!

Mesmo as rádios como Antena 1 e a Alpha FM, que passam músicas antigas, nem sempre era possível escutar Tina Turner, mas eu ficava desesperada para escutá-la, até que descobri que uma prima tinha seu CD e o eu peguei “emprestado” (não devolvi até hoje). Minha primeira paixão foi “I Don’t Wanna Lose You”, depois “What’s Love Got to Do with It?”, “Addicted To Love”, “Typical Male”, sendo a minha preferida “Let’s Stay Together”. Sem contar que adoro a sua versão de “Dancing In The Dark” ! Ou seja, a fase pós Ike Turner é a minha preferida, principalmente a dos anos 80, em que a cantora se consagrou como roqueira!

 

Depois, quando fui trabalhar em uma videolocadora perto da minha casa, com 17 anos, conheci outros DVDs da Tina e assistia-os todos os domingos, quando não tinha ninguém para me incomodar. Até hoje me impressiono com a quantidade de gente em seu show em Barcelona. É lindo ver o mar de pessoas cantando junto com ela. Igualmente lindo é o filme baseado em sua biografia, “I, Tina”. Quem ainda não viu, deveria ver! É uma história real triste e pesada!

É sabido que Tina conseguiu se reerguer depois do casamento abusivo com Ike Turner, foi do R&B ao Rock com muita maestria, interpretou músicas e repaginou boa parte delas no mundo do rock! Foi aquela que realmente em conectou ao mundo do rock mais doque qualquer um.

Tina ganhou inúmeros prêmios, seis de oito prêmios Grammy na década de 1980. Seu show de 1988, no Rio de Janeiro, teve 180 mil pessoas  e afez entrar para o Guinness World Records como a maior participação paga em um show para um artista solo. Qualquer artista que se preze deveria ver Tina Turner em um show, é um fenômeno, insuperável para mim.

Michele Lima

One thought on “Tina Turner: A Melhor de Todos os Tempos!

  • 1 de junho de 2023 em 11:57
    Permalink

    Possui uma voz forte, inconfundível! Adorei a homenagem!

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+
Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+