Mães Paralelas [Crítica do Filme]


Quando tudo parece não mais do que um capítulo estendido de uma novela da Televisa, aquele toque da grife Almodóvar aparece e reafirma que o diretor espanhol continua em plena forma. A estética cada vez mais impecável que começou lá atrás em A Flor do meu Segredo (1995) nos tira a esperança de um dia ver aquele Almodóvar raiz, kitsch e exagerado, mas tudo bem. Almodóvar foi ficando requintado e isso é um caminho sem volta. 

Sua musa Penélope Cruz é a protagonista Maria Janis, fotógrafa que engravida do arqueólogo Arturo (Israel Elejade) contratado para encontrar os restos mortais de seu bisavô vítima da ditadura. Decide ser mãe solo e na maternidade conhece Ana (Milena Smit) e ambas dão à luz no mesmo dia e…Nessa trama aparentemente simples, passado & presente, mentiras & verdades ocultadas, se entrelaçam discretamente e suas duas horas passam voando. 

Almodóvar, a exemplo de Tudo sobre Minha Mãe (1999), A Pele que Habito (2011) e Dor & Glória (2019), se mostra tão seguro na direção que acaba por desarmar qualquer crítica negativa – quem não entendeu, assistiu errado. 


Mães Paralelas entrega exatamente aquilo que quer nos contar, sem mais nem menos. Se agradou ou não, o problema não está aqui. Quem também exala segurança no que faz é Penélope Cruz. Talentosa desde jovem, quando se destacou logo em sua estreia nos cinemas com Jamón, Jamón (1992) do diretor catalão Bigas Luna. Após alguns fiascos em Hollywood, se reconectou com suas raízes sob a batuta de Pedro Almodóvar e se tornou a primeira atriz espanhola a concorrer ao Oscar com Volver, de 2006. Também se tornou a primeira a vencer na categoria coadjuvante com Vicky, Christina, Barcelona (2008), de Woody Allen, filmado na Espanha. Concorreu novamente cantando e dançando com o musical Nine (2009) e concorre novamente por este Mães Paralelas com chances reais de ganhar novamente, desta vez na categoria principal. 

Seu desempenho é irretocável, transformando sua personagem (que é batizada em homenagem à lendária cantora Janis Joplin) em mais uma figura inesquecível na galeria das mulheres criadas pela mente do diretor.

Trailer

FICHA TÉCNICA

Título: Mães Paralelas
Título Original: Madres Paralelas
Diretor: Pedro Almodóvar 
Data de estreia: 3 de fevereiro
02 Filmes

Italo Morelli Jr.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.