Do Fundo da Estante: Os Amantes de Pont Neuf

Os Amantes de Pont Neuf é uma bela obra faz parte daquela leva de filmes dos anos 80/90 que foram criticados pelo visual publicitário, mas que envelheceram com dignidade e dialogam muito com o século XXI. Estamos em 2023 e esses amantes ainda comovem, empolgam, incomodam e nos fazem enxergar que o mundo cão é o mesmo em qualquer lugar – a história se passa em Paris, mas WHAT? tá com cara de São Paulo…ou seria Nova York? Onde estão?

Estão na Pont Neuf, a mais antiga ponte de Paris, mas poderia ser no Viaduto do Chá…


O diretor Leos Carax filma intensamente essa dupla extraordinária, ele (Denis Lavant) um sem-teto e ela (Juliette Binoche) uma pintora de classe média que está perdendo a visão, decidiu morar na rua e pintar o máximo possível antes de ficar cega – a propósito, Binoche é autora de todas as obras que aparecem em cena e do cartaz original do filme. Juntos, os protagonistas enfrentam todas as dificuldades e ganham nossos corações e nossa torcida. Juliette é uma deusa do cinema francês, encara personagens densos e difíceis que talvez Catherine Deneuve e Isabelle Adjani dispensassem. Ela nem precisa de muitos elementos pra se conectar emocionalmente com a platéia, basta um olhar e sua constante expressão de desassossego. Denis Lavant, presença constante nos filmes do diretor, entrega aquele desempenho que vai além do físico e emocional. Não fosse assim, Os Amantes de Pont Neuf não seria uma triste estória de amor com chances de redenção.

Leos Carax foi visionário, vanguardista e provavelmente nem sabia que estava fazendo um filme para a posteridade, mas apostou numa estória de amor incomum e apostou nesse casal sensacional de intérpretes.

Acho que é esse o recado: apostar e acreditar, vai que…

FICHA TÉCNICA

Título: Os Amantes de Pont Neuf
Título Original: Les Amants du Pont-Neuf
Direção: Leos Carax
Data de lançamento: 1991

Ítalo Morelli Jr.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+
Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+