Do Fundo da Estante: La Bamba

Comparado com as superproduções atuais sobre astros da música, esta cinebiografia do cantor Ritchie Valens pode parecer tímida, mas não merece ser subestimada. La Bamba, a canção, foi o maior hit da carreira do cantor e compositor Ritchie Valens (1941-1959) que marcou o final dos anos 50 com uma carreira meteórica, interrompida por um trágico acidente de avião em 3 de Fevereiro de 1959, onde também se foram os músicos Buddy Holly e The Big Bopper. O longa é pontuado por essa que é uma das canções mais famosas de todos os tempos, reconhecida até os dias de hoje.

Ritchie Valens (Lou Diamond Phillips, excelente) ainda não tinha 18 anos completos e mesmo assim conseguiu deixar sua marca na história da música.

Estadunidense descendente de mexicanos, Richard Steven Valenzuela nasceu em Pacoima (Vale de São Fernando) subúrbio de Los Angeles, Califórnia. Tinha uma problemática família e sem auxílio de seu pai, Ritchie contou apenas com o apoio da mãe. Seu irmão mais velho, Bob Morales (Esai Morales, ótimo), era um latin bad boy que deu muito trabalho a Ritchie.

Como toda cinebiografia, La Bamba percorre os momentos mais significativos da vida e da obra do artista, num acerto muito grande do diretor Luiz Valdez, também autor do roteiro. O resultado é tão satisfatório, que La Bamba concorreu ao Globo de Ouro na categoria filme dramático, ao invés de musical, devido ao seu potencial. Lou Diamond Phillips tem uma entrega memorável, assim como Esai Morales e a saudosa Elizabeth Peña, todos esquecidos pelo Oscar. Ainda que contenha alguns maneirismos dos anos 80, La Bamba ainda parece influenciar o ritmo de outros filmes sobre ícones da música que vieram a seguir.

FICHA TÉCNICA

Título: La Bamba
Direção:  Luis Valdez
Data de lançamento: 1 de janeiro de 1987

Italo Morelli Jr.

One thought on “Do Fundo da Estante: La Bamba

  • 20 de setembro de 2022 em 21:33
    Permalink

    Oi! Que saudade desse filme! Vi muito na Sessão da Tarde e as músicas não saiam da cabeça. Adorei relembrar.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+
Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+