Turma da Mônica – A Série [Crítica]

Eu, assim como muitos brasileiros, tenho um carinho enorme com a Turma da Mônica, um sentimento que começou na infância e persiste até hoje. É bem forte a lembrança dos desenhos, dos filmes animados, dos gibis, do Almanaque e afins. Fiquei bastante feliz com os filmes atuais lançados no cinema, embarquei nas Hqs e até nos livros da Turma da Mônica Jovem! Por isso, não poderia deixar de conferir a série que estreou no Globoplay.

Com o mesmo elenco dos recentes filmes (Laços e Lições), Turma da Mônica – A Série parte da premissa da dificuldade da transição entre a infância e adolescência, a turma não sabe bem onde se encaixar. Nisso, surge uma nova personagem, Carminha Frufru (Luisa Gattai), que rouba a atenção dos amigos da Mônica (Giulia Benite), principalmente do Cebolinha (Kevin Vechiatto), deixando a Dona da Rua bastante enciumada. Quem já conhece a Carmen sabe o quanto ela pode ser desagradável.

A turma tenta reformar um barracão para poder passar as férias em paz, inclusive até fazem um cantinho para o Cascão (Gabriel Moreira), já que ele tem uma enorme dificuldade de tomar banho e no verão as coisas ficam pior. Aliás, Cascão tem um plot extremamente importante nessa história. No entanto, com a chegada de Carminha, todos ficam animados para festa dela em sua mansão, afinal, tem piscina. Apesar das angústias, Mônica vai na festa em que o tema é azul e lá um balde lama é derrubado bem na cabeça de Carminha, o que levanta a suspeita de que tenha sido a protagonista a responsável. Mais do que isso, seus amigos também!


Denise (Becca Guerra) começa a fazer uma investigação sobre o ocorrido e com isso cada personagem vai narrando os mesmos acontecimentos, mas cada um com um ponto de vista diferente. O melhor de tudo é que apesar de ver as mesmas cenas, as perspectivas mudam e novos elementos e sentimentos são acrescentados. Como os episódios são de curta duração, nada é cansativo, pelo contrário, dá vontade de assistir tudo de uma vez só!

O roteiro trabalha muito bem a evolução dos personagens, a transição para adolescência, as inseguranças, a aceitação, bullying, amizade e um toque de romance. Tudo de maneira bem leve! A adição de Milena (Emilly Nayara), que já apareceu em Lições, foi bem positiva e eu que estou lendo Turma da Mônica Jovem gostei de ver o início da amizade de Carmem e Denise. Destaque também para Magali (Laura Rauseo) que funciona muito bem como alívio cômico, além de ser super fofa a sua relação com o Quinzinho (Pedro Henriques Motta). Sem contar Do Contra (Vinícius Higo), um dos meus personagens preferidos.

A série conta com a participação especial de Fernando Caruso e Mariana Ximenes. Vale ressaltar também que o elenco mirim é fantástico, se mudar sentirei saudades.

Enfim, Turma da Mônica – A série é uma produção de alta qualidade, com uma história bem gostosa de acompanhar e curtinha também. Vale a pena conferir.

Michele Lima

3 thoughts on “Turma da Mônica – A Série [Crítica]

  • 18 de agosto de 2022 em 14:51
    Permalink

    Aaaa eu quero tanto assistir! To me preparando psicologicamente porque eu vi em algum lugar que essa vai ser a última produção desse elenco como Turma da Mônica e eles são tão perfeitos nos personagens…

    Resposta
  • 21 de agosto de 2022 em 13:10
    Permalink

    Oi Mi! Como fã da Turma não vejo a hora de conferir, falta é tempo, mas ainda vou ver com certeza. Eu guardo com carinho no coração estes personagens. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta
  • 24 de agosto de 2022 em 15:14
    Permalink

    Muito legal essa série. Rapidinho eu a terminei. Prende do início ao fim.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está está em HIATUS DE INVERNO de 03/08/22 à 01/09/22, mas você sempre é bem vindo (a) para visitar e comentar os posts! Tem post novo! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+
Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+