Casada até quarta [Resenha Literária]

Antes de começar a falar do livro, um aviso: não se enganem esta obra não tem nada de parecido com a série A garota do calendário, exceto por ser um romance e neste caso bem menos erótico. Em Casada até Quarta temos uma história com começo, meio e fim e a protagonista do segundo livro, Esposa até Segunda já não é a mesma desse, ao contrário da série de Audrey Carlan, em que temos a mesma protagonista com vários acompanhantes. Na série Noivas da Semana, cada livro é composto por histórias diferentes.
Sam é dona de uma agência que arranja casamentos, seus clientes podem escolher as mulheres disponíveis e fazem um acordo para o matrimônio, mas inesperadamente é a própria Samantha que acaba casada! Isso porque no seu encontro com um cliente em potencial, Blake, o milionário que também é um duque, acha mais prático se casar com Sam, dona de uma voz bem sexy! Só que ao contrário de muitas mocinhas, a protagonista não é nada ingênua, tem personalidade forte e aproveita a oferta porque afinal, dessa forma, sua irmã doente terá todo o tratamento pago, algo que ela já estava fazendo, mas com dificuldade.
Claro que a premissa tem lá seus clichês, já vi mais de uma vez romances em que o homem rico precisa se casar por causa de uma herança, pena que não vejo isso na vida real ou talvez não tenha procurado direito, vai saber! No entanto, acho injusto quando as pessoas dizem que romance é sempre igual, afinal, existe clichê em todos os gêneros, principalmente nas distopias modernas, new adults e sick-lits! A grande sacada é como trabalhar esses clichês e Catherine Bybee faz isso muito bem com uma protagonista nada submissa, temperamental ou com síndrome de patinho feio. Samantha é uma personagem bem real, com problemas como todo mundo, mas que tem uma visão realista da vida. Já Blake de fato é um personagem masculino mais comum, do tipo que não quer se envolver, mas se envolve.
O relacionamento de Blake e Sam é honesto, a sinceridade nua e crua de Samantha chama atenção do protagonista e deixa a trama muito menos enrolada e bem ágil. Temos os vilões, os mocinhos, os amigos, os advogados chatos e todos os personagens já esperados em livros do estilo. E se gosta de romances vai acabar lendo Casada até quarta rapidinho, mesmo porque é uma fácil narrativa leve, gostosa completamente direcionada aos amantes de livros do gênero.
FICHA TÉCNICA
Título: Casada até quarta 
Autora: Catherine Bybee
Onde Comprar: Amazon

 Michele Lima

16 thoughts on “Casada até quarta [Resenha Literária]

  • 6 de agosto de 2017 em 12:07
    Permalink

    Oi, Mi!
    Penso como você, é muito raro um livro livre de clichês, não importa o gênero ao qual ele pertença. Sem dúvida o que faz toda a diferença é a habilidade do autor em utilizá-los ao seu favor na construção da história. Eu não leria por agora, mas para quem gosta muito de romances assim ele parece ter tudo para agradar.

    Beijos, Entre Aspas

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 16:09
    Permalink

    Oiii Mi

    Eu gosto de clichês quando são coerentes e bem construidos, acho que há momentos em que é exatamente o que precisamos. Me anima saber que não é uma série erótica (não é meu gênero favorito mesmo…haha). Pra dizer a verdade sempre achei que essa série da Bybee tinha mesma mais pinta de romance ou até mesmo um chick lit . As capas estão lindissimas, com certeza quero ler.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 16:24
    Permalink

    Oi Mi! Que clichê maravilhoso. Eu li e amei a história,. já garanti os próximos dois volumes e fiquei feliz por termos uma nova série de romances tão fofa.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 16:35
    Permalink

    Esse livro chegou semana passada na loja onde eu trabalho e fiquei mesmo me perguntando como seria a história e se ela tinha algo a ver com A Garota do Calendário! Hahaha adorei a resenha!

    Beijo!
    CONTROVÉRSIAS.

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 19:15
    Permalink

    Olá…
    Adorei sua resenha!
    Não sou muito fã de livros desse gênero, mas, esse é uma exceção! Relevei as cenas quentes, que, pra mim, são desnecessárias , e consegui acompanhar um belo romance… Gostei dos personagens e achei o livro bem legalzinho.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 20:19
    Permalink

    Oi! Livro clichê é comigo mesmo hahaha adoro um bom romance e até para fazer eles precisa de criatividade. Mesmo sendo repetitivo, a história tem que nos envolver. Estou bem ansiosa para ler a série. Bjos <3

    Click Literário

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 20:39
    Permalink

    Olá, Michele.
    Eu me apaixonei por essa capa e comprei o livro na pré-venda. E estou comprando todos eles que estão lançando porque além da capa, gostei muito da história. É clichê sim, mas é um ótimo livro para se divertir e ler depois de um livro mais intenso. E eu amo um bom clichê. Só dos New Adults que não hehe.

    Prefácio

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 22:19
    Permalink

    Oi, Mi.
    Gostei que a história acaba nesse livro, tenho preguiça quando a série é longa.
    E também queria que tivesse essas histórias clichês na vida real haha.
    Achei a capa desse livro tão linda, amo esse tom de verde.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 23:09
    Permalink

    Bom, essa série me lembra A garota do Calendário no quesito de prometer muito e cumprir quase nada. A editora fez tanta divulgação, e ainda caprichou tanto nas capas, que você espera por O romance, mas que não acontece. Gostei, mas achei bem levinho, mais do mesmo. Não me despertou vontade de ler os volumes seguintes, mas quem sabe a sua resenha do segundo volume me dê o ânimo que me falta pra isso! Ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    Resposta
  • 6 de agosto de 2017 em 23:11
    Permalink

    Oi Mi, tudo bom?
    Eu tenho bastante curiosidade pra ler essa série, mas ao mesmo tempo preguiça porque é gigante e receio porque acho que não vou gostar tanto quanto espero gostar (?). Se é que isso faz sentido.
    O bom é que são livros curtinhos e histórias descompromissadas, ai é legal ler pra relaxar.
    E se a protagonista é ótima assim, ai é mais maravilhoso ainda <3
    PS.: essas capas são uma mais bonita que a outra, sem or!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

    Resposta
  • 7 de agosto de 2017 em 02:28
    Permalink

    Olá Mi!
    Ainda bem que não é parecido com A garota do calendário, porque eu não gostei muito e não passei do 1° livro hahahahahaha
    Achei esse livro bem interessante, gostei da premissa e a capa é linda!
    Adorei sua resenha e indicação ❤️
    Beijos!

    Books & Impressions

    Resposta
  • 7 de agosto de 2017 em 04:26
    Permalink

    Oiiiie!
    Tenho esse livro e ainda não li.
    Adorei saber que não tem nada a ver com A garota do calendário, ufa!
    Já vi muita gente comparando.

    Adorei o post!
    Beijinhos e boa semana :*
    Sankas Books

    Resposta
  • 8 de agosto de 2017 em 00:38
    Permalink

    Oi Mi, tudo bom ? Eu ainda não li o livro, mas já li maravilhas sobre ele. O que mais vejo nele é o fato de ser um romance Clichê, onde o cara rico precisa de uma esposa, mas com alguns detalhes bem peculiar.
    Espero um dia consegui ler o livro.
    Beijos boa semana, adorei a resenha.
    bellapagina.blogspot.com.br

    Resposta
  • 9 de agosto de 2017 em 00:40
    Permalink

    Oi, Mi!
    Eu fiquei com receio de ler por achar a premissa meio parecida com A Garota do Calendário, que eu ainda estou lutando para terminar.
    Apesar de gostar de livros eróticos, o excesso dele tem me incomodado e adorei saber que esse não é assim. Acho que vou acabar sendo convencida de ler essa série, por conta das resenhas positivas que tenho lido.
    Adorei sua resenha 🙂
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.