Super Mario Bros – O Filme [Crítica]

Super Mario Bros – O Filme chega carregado de nostalgia em uma aventura curta, objetiva e divertida!

Baseado nos jogos da Nintendo, vamos acompanhar Mario (Chris Pratt), um encanador do Brooklyn que trabalha junto com seu irmão Luigi (Charlie Day). Os dois saíram do emprego para tentarem trabalhar por conta própria, mas apesar do talento, eles têm uma enorme dificuldade de conseguir clientes. Com isso, Mario carrega a culpa por ter deixado Luigi sem emprego. E ao tentarem resolver um problema de encanamento no bairro, que por algum motivo alagou, os dois vão parar em outro universo.

Luigi vai parar no reino dos Koopas e o rei deles, Bowser (Jack Black), depois de conseguir a tão sonhada Estrela, quer se casar com Princesa Peach (Anya Taylor-Joy). Ao saber que sua amada está ao lado de um humano, ele acaba usando Luigi para atingir Mario, que vai parar no reino dos Cogumelos. Já de início o protagonista encontra o simpático e bem humorado Toad (Keegan-Michael Key) que o leva até a Princesa que está se preparando para encarar Bowser. Ela e Mario vão até Cranky Kong (Fred Armisen) pedir a colaboração do exército dele, mas o rei rabugento só cede depois de Mario enfrentar Donkey Kong (Seth Rogen). 

Durante toda a aventura do Mario pelos reinos encontramos diversas referências dos jogos. Temos o cogumelo que o faz crescer, Mario como gato, como guaxinim, os koopas, os karts, as plantas carnívoras, além de ser possível reconhecer diferentes ambientações. Inclusive o Mario no seu próprio mundo tem cenas estilo jogo 2D. O filme respira videogame e tem cenários espetaculares! 

Os coadjuvantes roubam a cena várias vezes, a Princesa Peach sabe lutar muito bem e tem um personalidade forte, a relação do Mario com Donkey Kong vai de rivalidade a amizade, Toad é um ótimo alívio cômico e o vilão Bowser é cruel e apaixonado ao mesmo tempo. As cenas com ele cantando são ótimas. No entanto, o grande destaque pra mim foi Lumalee, com um humor ácido e depressivo, a personagem tem falas que são verdadeiras pérolas! Faltou apenas mais destaque para o Luigi.

Super Mario Bros. – O Filme tem uma trilha sonora excelente, trabalha bem com a nostalgia e é repleto de easter eggs! E como ainda tem muita coisa para ser explorada nesse rico universo da Nintendo, não me surpreenderia com uma continuação! Vale lembrar que tem uma pequena cena pós-crédito.

FICHA TÉCNICA

Título: Super Mario Bros. – O Filme
Título Original: The Super Mario Bros. Movie
Direção: Aaron Horvath, Michael Jelenic
Data de lançamento: 6 de abril de 2023
Universal Pictures Brasil

Michele Lima

One thought on “Super Mario Bros – O Filme [Crítica]

  • 11 de abril de 2023 em 16:28
    Permalink

    Esse ano tem sido bem nostálgico em todos os sentidos. Quero muito assistir esse filme. Parece ser incrível.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!
Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+ Saiba tudo sobre A Noite das Bruxas!