O maior mágico do mundo [Resenha Literária]

O maior mágico do mundo da Editora Biruta é escrito por Luiz Antonio Aguiar e ilustrado por Laurent Cardon. De um forma bem inusitada temos a pequena aventura de Victor, filho de um grande mágico que ao ter os pais desaparecidos descobre um pouco sobre um mundo que habita monstros.
Victor é uma criança que, assim como o público de seus pais, se sente impactado pela mágica. O protagonista não sabe direito o que é real ou não, questiona seu pai sobre isso, mas obtém respostas bem vagas. Um dia depois de um show em que seu pai tenta controlar um monstro muito esquisito, Victor descobre que está só em casa, já que seus pais sumiram.
Depois de ficar com muita fome, o personagem vai até a cozinha para descobrir que o monstro do show está atacando a geladeira, um monstro com focinho de javali, chifre de rinoceronte, boca de jacaré e língua de sapo. Apesar do enorme medo, Victor começa a conversar com o tal monstro, tendo certeza de que ele foi o responsável pelo desaparecimento de seus pais. E assim, o protagonista vai descobrir um mundo bem diferente do que ele conhece.
É interessante notar que os pais de Victor me pareceram bem negligentes, aliás, o tal monstro adora jogar isso na cara do pobre protagonista, e gostei que o autor brinca bastante com o real e o surreal o tempo todo. Além do fato de fazer importantes considerações aos maus-tratos aos animais, como no caso dos circos. Durante boa parte da narrativa apenas temos a visão de Victor sobre o show do pai, mas o autor também nos mostra a visão daquele que fica encarcerado e a forma como é tratado, levantando questões interessantes para debater com o público infantil.
O maior mágico do mundo tem situações engraçadas, um pouco de terror e bastante fantasia, sendo uma mescla de diferentes gêneros. O cenários dialogam com a história, oras sombrio, oras colorido e a edição da Editora Biruta é novamente impecável. As cores fortes e vibrantes de Laurent Cardon chamam bastante atenção.
O livro é bem curto, com apenas 44 páginas, mas possui um enredo mágico, intrigante e é difícil não ter empatia por Victor. E mesmo com toda a inocência do protagonista, a obra é também recomendada para adultos que gostam de fantasia e principalmente, claro, para o público infantil.
FICHA TÉCNICA
Título: O maior mágico do mundo
Autor: Luiz Antonio Aguiar
Ilustração: Laurent Cardon
Onde Comprar: Amazon
 

Michele Lima

9 thoughts on “O maior mágico do mundo [Resenha Literária]

  • 24 de outubro de 2017 em 12:58
    Permalink

    Nossa, bem curtinho mesmo! Mas deve ser super gostoso de ler (mesmo sendo voltado para o público infantil).
    Adorei as ilustrações!

    Beijo!
    Cores do Vício

    Resposta
  • 24 de outubro de 2017 em 12:58
    Permalink

    Oi, Mi!
    Que fofas as ilustrações. Essa edição deve ser mais maravilhosa pessoalmente.
    Beijos
    Balaio de Babados

    Resposta
  • 24 de outubro de 2017 em 13:37
    Permalink

    Ainda não conhecia, gostei bastante 😀

    submersa-em-palavras.blogspot.com.br

    Resposta
  • 24 de outubro de 2017 em 15:38
    Permalink

    Oi, Mi

    Achei o livro bem fofinho e achei as ilustrações lindinhas, mas não é um livro pra mim. Mas acho que o Joãozinho gostaria de ler! <3

    Beijos
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Resposta
  • 24 de outubro de 2017 em 18:01
    Permalink

    Oi, Mi.Esses livros pra crianças são muito bons e até mesmo eu, que nem curto tanto, tô querendo saber onde se meteram os pais do Victor. Amei as ilustrações, me lembraram as do O Pequeno Príncipe, não sei porque.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    Resposta
  • 24 de outubro de 2017 em 18:22
    Permalink

    Oi Mi.
    De vez em quando e bom nos jogarmos nessas leituras juvenis. Gostei da dica, ja que tenho um sobrinho que em breve estara lendo estas historias.
    Bjus
    http://www.docesletras.com.br

    Resposta
  • 24 de outubro de 2017 em 22:33
    Permalink

    Oi Mi! A Biruta capricha demais nos livros, achei este livro especialmente fofo. Adorei! Bjos!!!

    Resposta
  • 25 de outubro de 2017 em 01:56
    Permalink

    Oi Michele, tudo bom?
    Que edição maravilhosa! Essas ilustrações são de encher os olhos, que cooooores *-*
    Já ouvi falar desse livro, mas como tô bem longe de vibe infanto, vou acabar procurando pra dar pra minha prima. Ela está começando a se aventurar nesse mundão da literatura, com certeza vai ser bom pra ela!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+
Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+