De volta para Casa [Resenha do Filme]

Conferimos a Cabine de Imprensa do filme De volta para casa.
De volta para Casa é uma comédia romântica leve e doce e uma ótima pedida para quem está com saudades de filmes do gênero e quer curtir o cinema com um filme despretensioso e sem muitas complicações. 
Alice Kinney (Reese Witherspoon) é uma recém-divorciada com duas filhas que resolve voltar para a casa na qual viveu boa parte de sua infância, em Los Angeles. Seria uma forma de recomeço para seus recém-completos 40 anos, sua nova aventura profissional e uma forma de se reaproximar da jovem sonhadora que fora quando criança e que via em seu pai, o grande cineasta Kinney uma forma de amparo e força – mesmo com todos os seus defeitos. 
Em outro plano, conhecemos Harry (Pico Alexander), Teddy (Nat Wolff) e George (Jon Rudnitsky), o trio está lutando para conseguir financiamento e destaque para um documentário na concorrida Hollywood. Porém, como nem tudo são flores, os amigos estão falidos e sem lugar para morar.
Durante a comemoração de seu aniversário, Alice conhece os rapazes e tem um leve affair com Harry, eles acabam em sua casa e por uma reviravolta do destino – e a ajudinha da mãe de Alice, o trio consegue um lugar para se hospedar na residência da moça. Alice reluta com a ideia de ter hóspedes, mas acaba cedendo e o que vemos é o desenrolar de uma grande cumplicidade entre todos, inclusive com as meninas que ganham “irmãos” mais velhos para apoiá-las em momentos difíceis.
O romance da história é bem leve e inicialmente nos faz pensar em um trio ou quarteto amoroso, trazendo à tona a temática da relação de mulheres consideradas mais maduras se relacionando com homens mais novos, porém no decorrer da história nota-se que o desenvolvimento vai muito além disso. Mostrando que o recomeço é possível em qualquer idade e que, às vezes, é necessário uma fagulha para despertar o autoconhecimento e se valorizar. 
A interação entre todos os atores é ótima, o desenvolvimento vai ocorrendo de forma gradativa e vemos como os amigos são diferentes entre si, tem uma referência ao Mágico de Oz que deixa bem explícito isso. Eles são jovens de 27 anos que tem suas ambições, desejos e suas particularidades, destaque aqui para Teddy e George, que foram os que mais me simpatizei. A relação entre eles e Alice também tem níveis diferentes e nos trazem boas risadas! Até a aparição do ex-marido da protagonista, Austen (Michael Sheen), rende algumas discussões, embora que não tão aprofundada. 
A trilha sonora está condizente com o filme e a fotografia tem seus momentos o que nos faz emergir na delicadeza dos cenários e do enredo despretensioso, em certos momentos me lembrou muito de cenas dos seriado Três é Demais (Fuller House)! De Volta para Casa, nos pega pela leveza da carência de filmes do gênero e traz uma boa oportunidade para nos desprendermos de tanto tiro, porrada e bomba que estamos acostumados. Quem está a procura de algo mais descontraído é a pedida certa! 

Trailer:
FICHA TÉCNICA:
Título: De volta para casa
Título Original: Home again
Diretora: Hallie Meyers-Shyer
Data de Lançamento: 19 de Outubro de 2017

Denise Rodrigues ( autora do Entrelinhas Fantásticas)

5 thoughts on “De volta para Casa [Resenha do Filme]

  • 19 de outubro de 2017 em 20:09
    Permalink

    Eu amei amei amei esse filme! E a resenha está ma-ra-vi-lho-sa! Beijinhos

    Resposta
  • 19 de outubro de 2017 em 23:12
    Permalink

    Oi Denise! Eu adoro os filmes dessa atriz e fiquei feliz em ver esta novidade, eu estava bem carente, mesmo, do gênero. Bjos!!!

    Resposta
  • 20 de outubro de 2017 em 00:12
    Permalink

    Oie Denise =)

    Eu adoro os filmes da Reese e já tinha visto o trailer desse filme e anotado na lista. Espero que ele estreia logo em Sorocaba *-*

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    Resposta
  • 20 de outubro de 2017 em 00:49
    Permalink

    Oi
    que bom que curtiu o filme, eu quero assistir ele eu vi o trailer em um site esses dias e fiquei curiosa, bom saber que é um filme leve e envolvente assim como imaginei.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    Resposta
  • 20 de outubro de 2017 em 12:41
    Permalink

    Oiiii Denise!
    Eu amooooo a Reese, acho ela incrível. Com certeza irei assistir o filme.
    Beijos
    Ari

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+
Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+