A maratona de Brittany [Resenha do Filme]

A maratona de Brittany é um longa baseado em uma história verídica, disponível no Amazon Prime Video (até o momento). 
Brittany passa por problemas financeiros, se alimenta mal, bebe constantemente, se sente cansada, dorme pouco e está acima do peso. Ao passar no médico, descobre que também tem pressão alta, problemas no fígado e precisa emagrecer cerca de 25 quilos. Em um primeiro momento, Brittany acredita que o médico está rotulando-a de gorda, mas depois percebe que realmente precisa mudar seus hábitos, não o estilo de vida, mas como pessoa também, ter um propósito na vida. E Brittany descobre que academias são caras e que as calçadas podem ajudar mais do que ela imagina, ao se aventurar na maratona de Nova York. 
Jillian Bell é uma boa atriz, é perceptível o esforço de sair de uma atuação padrão e colocar carisma numa personagem que alguns momentos não tem absolutamente nada de carisma, mas bastante humana nos seus próprios defeitos. Brittany é intragável em alguns momentos, se sabota algumas vezes, é grossa com Catherine (Michaela Watkins), não percebe que magoa uma pessoa que só quer ajudar e faz o mesmo com Jern (Utkarsh Ambudkar). Por outro lado, sua perseverança em perder peso e conseguir correr a maratona é impressionante. É uma jornada de altos e baixos, difícil e o filme consegue mostrar bem esses aspectos. 
No entanto, apesar do longa ser menos clichê do que outros do mesmo tema, Sexy por acidente, por exemplo, A maratona de Brittany ainda esbarra em momentos previsíveis. A maquiagem do início do filme não é das melhores e uma determinada cena a câmera foca muito rapidamente nas nádegas e pernas da atriz com o claro propósito de mostrar a flacidez e celulite, caindo no estereótipo de mulher gorda, o que me incomodou bastante. Em um longa que se propõe a mostrar sobre a importância de ser saudável, de aceitação e mudança interna, essas cenas foram completamente desnecessárias, ainda que bem curtas. 
Entretanto, apesar dos pequenos escorregões, a mensagem do filme é muito válida. Ninguém tem uma vida perfeita, nem mesmo a vizinha rica casada e com filhos e embora a Brittany se encontrasse sozinha morando com uma amiga egoísta e fútil, ela consegue dar o primeiro passo da mudança e encontra ajuda onde menos espera.

A maratona de Brittany tem um bom roteiro, bom ritmo e boas atuações. A história de superação da protagonista é cativante, apresentou drama na medida certa, os clichês não incomodaram e o final acabou me emocionando. Vale a pena conferir. 
Trailer
FICHA TÉCNICA
Título: A maratona de Brittany
Título original: Brittany Runs a Marathon
Direção: Paul Downs Colaizzo
Data de lançamento no Brasil: 24 de outubro de 2019
Nota: 4/5
Diamond Films / Amazon Prime Video
Michele Lima

7 thoughts on “A maratona de Brittany [Resenha do Filme]

  • 25 de junho de 2020 em 17:03
    Permalink

    Olá, Michele.
    Esse é o tipo de filme que numa primeira olhada não me chama a atenção. Mas depois vendo o tema e a mensagem que o filme traz pode ser que eu assista.

    Prefácio

    Resposta
  • 25 de junho de 2020 em 22:09
    Permalink

    Olá,
    Não conhecia esse filme mas achei bem interessante. Gosto quando abordam temas como esse, que são parte do cotidiano de tanta gente. Só é uma pena focar nesse estereótipo gordo quando a ideia é exatamente desconstruir isso.

    Beijo!
    http://www.amorpelaspaginas.com

    Resposta
  • 26 de junho de 2020 em 02:11
    Permalink

    Oi, Mi! Tudo bom?
    Eu não tava tãããão interessada em assistir e depois que tu falou dos esteriótipos gordofóbicos: passo longe, viu? Zero paciência.

    Beijos, Nizz.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

    Resposta
  • 26 de junho de 2020 em 03:27
    Permalink

    Eu não sabia que era baseado em fatos reais. Eu tenho prime video, então fica bem acessível para conferir.

    Abraço

    Imersão Literária

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.