O maravilhoso mágico de Oz

Quando pequena por algum motivo desconhecido tinha medo de assistir ao clássico O Mágico de Oz. Não sei por causa do tornando ou da Bruxa Má do Oeste. Só sei que quando adulta fui conferir a versão remasterizada e simplesmente fiquei encantada, tal como estou com a edição da Martin Claret, com capa em brochura e repleto de ilustrações de W.W. Denslow da primeira edição de 1900.
Dorothy é uma garotinha que vivia com os tios em uma pequena fazenda no Kansas, com seu cãozinho Totó. Porém, durante uma tempestade, Dorothy acorda em um lugar desconhecido e descobre que sem querer, a casa em que estava, caí e mata a Bruxa Má do Leste e com isso, ela ganha os seus poderosos sapatos prateados (no filme são vermelhos). No entanto, Dorothy não sabe como voltar pra casa e aconselhada pela Bruxa Boa do Norte, segue a estrada de tijolos amarelos para encontrar o poderoso Oz e pedir ajuda para voltar pra casa. Durante sua jornada a protagonista encontra o Espantalho que quer ter um cérebro, o Homem de Lata que quer ter um coração e o Leão Covarde que deseja ter coragem. Os três personagens são símbolos do reino animal, vegetal e mineral. 
Como Dorothy recebe o beijo na testa da Bruxa Boa do Norte, nada de mal pode acontecer a ela, mas isso não quer dizer que seus companheiros estejam livres do mal e muitas coisas acontecem a eles. Porém, Dorothy é fiel aos amigos e todos se ajudam durante a jornada. A cada desafio fica claro que o Espantalho é mais inteligente do que qualquer um, mesmo achando que precisa de um cérebro, mesmo sendo feito de palha, talvez até representando um simples fazendeiro humilde, mas bem esperto. O Homem de Lata não precisa de um coração para ser uma criatura bondosa e o Leão, apesar de se achar covarde, é bastante corajoso. Juntos os três vão descobrindo o valor da amizade, quem de fato é Oz e vão enfrentar também a terrível Bruxa Má do Oeste
De todas as histórias apresentadas a do Homem de Lata me parece a mais triste e a dos Macacos Alados é a mais intrigante. 
O livro está repleto de alegorias, mostrando que podemos ser muito mais do que achamos que somos. Que apesar dos rótulos, nós devemos ser os únicos a definir quem somos e não os outros. A narrativa de L. Frank Baum é rápida, dinâmica, onírica e objetiva. Não existe enrolação e fica claro que é uma obra leve, mas ao mesmo tempo possui bons ensinamentos e até mesmo boas críticas à sociedade, afinal, as Bruxas Más escravizam seu povo e Oz não é exatamente uma pessoa confiável. 
Vale observar também que o autor fazia parte da corrente literária que acreditava que os contos de fadas não deveriam ser violentos e bem mais mágicos e interessantes, o que fica bem evidente em sua obra. 
O maravilhoso mágico de Oz é considerado o primeiro conto de fadas genuinamente americano e é apenas o primeiro de muitas outras obras sobre esse mundo incrível que L. Frank Baum criou, um universo bem completo, repleto de uma simbologia que cada vez relida podemos fazer novas análises.



FICHA TÉCNICA
Título: O maravilhoso mágico de Oz
Autor: L. Frank Baum
Onde Comprar: Amazon

Michele Lima

19 thoughts on “O maravilhoso mágico de Oz

  • 3 de janeiro de 2017 em 10:58
    Permalink

    Oi, Mi. Também quando era mais nova nunca gostei de O Mágico de Oz, talvez porque eu nunca tenha entendido a história e achava a sem pé nem cabeça. Lendo a resenha eu pude entender um pouco mais do enrendo, mas sempre que vou ver um filme ou algo sobre a obra, eu fico bem confusa, acho que só lendo esse livro mesmo para entender.
    Beijo! Leitora Encantada

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 12:21
    Permalink

    Oi Mi.

    Essa obra é tão linda!
    Um clássico que todo mundo deveria ler, li ano retrasado se eu não me engano, e lembro de ter me apaixonado ainda mais pelo universo de Oz, não é um mero conto-de-fadas!
    E pelas suas fotos, essa versão é realmente linda!
    Já quero…rs

    Beijos, Bá.
    http://cafecomlivrosblog.blogspot.com.br

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 13:27
    Permalink

    Que livro lindo!!!! Amei a capa e as ilustrações… esse é um clássico que sempre nos faz voltar à infância né? Adorei a resenha!

    Beijinho
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 13:46
    Permalink

    Oi! Até hoje continuo com uma sensação ruim com essa história, não tem quem me convença a ver o filme ou ler algo novamente. Mas fico feliz que a experiência com você tenha sido boa. Parabéns pela resenha! Beijos ♥️

    Click Literário 

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 13:58
    Permalink

    Oii Mi,
    Que coisinha mais linda esse livro, acredita que eu tbm não assistia Magico de Oz qdo criança? kkkk No meu caso não era medo, mas tbm não lembro pq não assistia, vim pegar gosto pela história qdo comecei assistir "Once Upon a Time" ai pesquisei mais sobre a história. Gostei mto desse livrinho, mas não sei se compraria hoje, mas quem sabem no futuro para minha filha ou filho.

    Beijinhos!
    Amanhecer Literário

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 17:43
    Permalink

    Oi Mi,
    Eu já assisti ao filmes, mas nunca li os livros. Minha meta é ler o livro "The Witcked" que conta a história da Bruxa Má do Oeste, assisti a peça ano passado e adorei. ^^

    Beijinhos!
    http://www.auniversitaria.com

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 18:59
    Permalink

    Quando eu era pequena ganhei um livro sobre essa história e me apaixonei <3 preciso comprar essa versão urgente!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 21:36
    Permalink

    Oiii!

    Quando eu era mais nova, corria sempre quem alguém tocava nesse assunto kkk
    Na verdade, até hoje sinto um pouco do trauma, tanto que nunca nem pensei em ler o livro ou assistir o filme kkk Mas agora que li seu post, fiquei curiosa!
    Beijos,
    https://teattimee.blogspot.com.br/

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 21:40
    Permalink

    Oie, tudo bem?

    Gostei muito de ler um pouquinho sobre o livro! Eu nunca tinha lido nada, só assistido e ouvido falar. Não sei se teria paciência para ler, mas reconheço como sendo uma história incrível! Beijos,

    http://www.estranhoscomoeu.com

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 22:21
    Permalink

    Nossa esse livro é um clássico né?!
    Essa edição que você mostrou é linda, não conhecia. Eu confesso que só vi os filmes mas nunca tinha lido o livro. Preciso ler!!!
    Bjss

    http://www.livrosemarshmallows.com/

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 22:46
    Permalink

    Oi Mi,
    Ah, eu sou apaixonada pelo filme, mas infelizmente ainda não consegui adquirir nenhuma das versões do livro. Na Bienal quando achei em conta, minha grana tinha acabado kkkkk

    Tenha um lindo 2017.
    Que seus dias sejam prósperos, sábios e saudáveis ♥
    Nana – Obsession Valley

    Resposta
  • 3 de janeiro de 2017 em 23:31
    Permalink

    Oi
    eu já assisti aos filmes, mas nunca li o livro, agora fiquei com vontade de ler, é bom ler esses livros e não ficar só nas lembranças do filme.

    momentocrivelli.blogspot.com

    Resposta
  • 4 de janeiro de 2017 em 22:07
    Permalink

    Oi Mi, tudo bem?
    Eu nunca curti muito o filme mais antigo, mas lembro que quando era pequena li o livro e gostei muito. A adaptação mais recente que teve no cinema me agradou bastante e lendo sua resenha fui relembrando vários detalhes da história.
    Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+
Crítica: A Esposa do meu marido Dorama: Diva à Deriva Dorama: Nosso Destino 5 doramas dublados no Star+